-Publi-A-

100% inundada pela cheia no AM, Anamã recebe balsa hospital

O município de Anamã, a 165 quilômetros de Manaus, recebeu uma balsa hospital para atender a população. A subida do rio Solimões alagou o Hospital Francisco Salles de Moura e os atendimentos foram suspensos. A cidade está 100% inundada em razão da cheia deste ano.

A Balsa Hospital fica instalada na orla do município normalmente por três meses do ano, de acordo com a Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM). Em 2021, devido aos impactos da enchente e a previsão de uma cheia de grandes proporções, a embarcação permanecerá na cidade por pelo menos quatro meses.

Anamã, cidade inundada pela cheia no AM, recebe balsa hospital  — Foto: Diego Peres/Secom e Arthur Castro/Secom
Anamã, cidade inundada pela cheia no AM, recebe balsa hospital — Foto: Diego Peres/Secom e Arthur Castro/Secom

Os atendimentos na Balsa Hospital incluem urgência e emergência, sala de parto, laboratório, alojamento para as enfermarias, refeitório e cozinha. A unidade executa, inclusive, toda a assistência para diagnóstico e tratamento da Covid-19, desde a triagem, por meio de testes rápidos, antígeno e RT-PCR, a consultas e internação.

De acordo com a Defesa Civil, pelo menos 9.570 pessoas estão afetadas na cidade de Anamã. Conforme o órgão, 2.392 famílias estão atingidas.

Em todo o estado, oito cidades estão sem situação de atenção por conta cheia, três estão em alerta e 22 em transbordamento. Além disso, 20 localidades estão em situação de emergência. De acordo com a Defesa Civil, 274 mil pessoas afetadas no Estado até o momento.

você pode gostar também