A Crítica, Tucunaré Turismo e bumbás vão realizar Festival de Parintins 2016

A estrutura, logística e operacionalização para a realização do 51º Festival Folclórico de Parintins 2016 deverá ser assumida pela direção da empresa A Crítica, Tucunaré Turismo e bumbás Garantido e Caprichoso, uma vez que o Governo do Estado decretou a fim do investimento no evento folclórico dos parintinenses. Para tratar sobre o assunto os dirigentes dos bois Garantido e Caprichoso, Adelson Albuquerque e Joilto Azêdo respectivamente, reuniram na manhã de sexta-feira, 27 de maio, com os diretores e o presidente a Rede Calderaro de Comunicação (A Crítica) Dissica Calderaro, consultores e a proprietária da Tucunaré Turismo Christina Abraão.

De acordo com diretor geral de A Crítica, Dissica Calderaro, um planejamento de estrutura e despesas foi montado para ser apresentado e discutido com os presidentes dos bumbás e a Tucunaré Turismo. Ele assegurou que com a união de todos vai acontecer um festival dentro do padrão do talento e da arte do parintinense. “Uma das preocupações seria como os bois se apresentariam em termo de preparação da estrutura artísticas, dentro da festa e aquilo que vai ser exposto dentro da arena do Bumbódromo. Os presidentes me tranquilizaram e me disseram que os bois estão preparados, com algumas adequações pequenas”, afirmou.

Logística
Dissica informou ainda que com o espetáculo assegurado pelos bois, à parte de logística operacional para a festa será resolvida dentro das possibilidades, porém com uma estrutura menor. “A parte de fora da festa, essa nós vamos resolver. Nós vamos arrumar nossa cozinha, vamos fazer uma grande empreitada com a união de todos para fazer com que a coisa aconteça, cada um dando o máximo de si, buscando se adequar para festa acontecer”, assegurou o empresário.
Otimismo

Marcondes Maciel |  P

você pode gostar também