-Publi-A-

A vez do deus da Guerra

Figura 01: A missão ExoMars iniciou. Ainda em 2016 teremos mais informações sobre o deus da Guerra. Créditos da imagem: ESA.

Enfim, a primeira de duas missões conjuntas envolvendo  ESA e Roscosmos começou. A partir de agora até a chegada ao Planeta Vermelho serão 7 meses  de viagem.

ExoMars tem como um dos objectivos dar-nos uma clareza sobre o comportamento da atmosfera marciana. Em princípio, esse estudo poderá fornecer algum indicativo  sobre  actividades geológicas e/ou  biológicas.

O veículo espacial que pousará a superfície de Marte  chama-se Schiaparelli e ele foi colocado a bordo do foguete russo Protão-M (que é operado pela empresa russa Roscosmos).

O lançamento ocorreu ontem (14 de março) [detalhe: para algumas civilizações antigas, o ano iniciava em março, mês do deus da Guerra!],  após a separaçaõ do primeiro e do segundo estágio do Protão, a carga científica foi libertada. Aproximadamente 10 min após a decolagem, ocorreu o terceiro estágio. Antes da nave ser lançada, o estágio superior (que continha a ExoMars) completou uma série de quatro queimas de combustível.

A ESA  confirmou que  o lançamnteo  foi bem-sucedido em todas as fases e que a sonda  passa bem. Neste exacto momento,  as asas solares do orbitador já estão desdobradas  e a nave está a seguir  em direcção ao enfrentamento com o deus da Guerra.

Nesta viagem,  segue de mãos dadas ao Schiaparelli o satélite TGO. Porém,  a separação tem data marcada para a altura de 16 de outrubro, quando estiverem a uma distância de 900 mil km de Marte. Três dias depois, Schiaparelli  entrará  na atmosfera marciana e descerá até a superfície  do Planeta Vermelho.

Um dos  principais  objectivos  desta missão  é seguir a deteção  do metano (feita pela Mars Express da ESA em 2004). Esse estudo é importante, pois, através dele  poderemos  compreender  os processos geológicos  e, quem sabe, os biológicos também.

Quanto ao satélite TGO, ele orbitará o Planeta Vermelho  e sua função é enviar para a Terra  dados precisos da atmosfera de Marte, queremos saber “como o deus da Guerra respira”. Espera-se compreender aqui  quais e onde estão as fontes de gases raros, os vulcões e resolver  de uma vez  a dúvida sobre a existência de água no planeta.

Figura 02: Iniciou a primeira das duas missões conjuntas ESA-Roscosmos à Marte. Serão sete meses de viagem até o Planeta Vermelho. Créditos da imagem: ESA – Stephane Corvaja.
Figura 02: Iniciou a primeira das duas missões conjuntas ESA-Roscosmos à Marte. Serão sete meses de viagem até o Planeta Vermelho. Créditos da imagem: ESA – Stephane Corvaja.

 

Figura 03: Plano de pouso em Marte: a Schiaparelli, em menos de 6 min, irá descer uma distância de 121km da superfície marciana e terá sua velocidade reduzida de 21 mil km/h para alguns m/s. Previsão de chegada 19 de Outubro de 2016. Cortesia: Planetário Digital de Parintins. ESA/ATG medialab.
Figura 03: Plano de pouso em Marte: a Schiaparelli, em menos de 6 min, irá descer uma distância de 121km da superfície marciana e terá sua velocidade reduzida de 21 mil km/h para alguns m/s. Previsão de chegada 19 de Outubro de 2016. Cortesia: Planetário Digital de Parintins. ESA/ATG medialab.

Dr. Nélio Sasaki – Doutor em Astrofísica, Líder do NEPA, Membro da SAB, Membro da ABP, Membro da SBPC, Membro da SBF, membro da AIU, membro da PLOAD, Revisor da Revista Areté, Revisor da Revista Eletrônica IODA, Revisor ad hoc do PCE/FAPEAM, Coordenador do Planetário Digital de Parintins, Coordenador do Planetário Digital de Manaus, Professor Adjunto da Universidade do Estado do Amazonas (UEA).

você pode gostar também