Adolescente suspeito de estuprar prima é apreendido no Iranduba

A equipe de investigação do Posto de Policiamento Integrado (PPI), do Distrito de Cacau Pirêra, situado em Iranduba, município distante 27 quilômetros em linha reta da capital, cumpriu na manhã desta quinta-feira (19/09), por volta das 10h, mandado de busca e apreensão por ato infracional análogo ao crime de estupro, em nome de um adolescente de 15 anos. A vítima é a própria prima dele, uma menina de 16 anos.

De acordo com o delegado Chicre, titular do PPI, o delito ocorreu no ano passado. Na ocasião do crime, a prima do infrator, uma menina de 16 anos, foi vítima de abuso sexual cometido por ele. O delegado disse também que, depois da consumação do crime, a vítima compareceu a unidade policial para denunciar o ocorrido.

“Após o mandado de busca e apreensão ser expedido, identificamos a escola onde o adolescente estuda e nos deslocamos até lá, momento em que o encontramos e logramos êxito no cumprimento da ordem judicial. Durante as diligências, constatamos ainda que o infrator já possui passagem pela polícia por ter cometido o mesmo delito em 2018, daquela vez contra a vizinha dele, uma criança de apenas 4 anos de idade”, explicou o delegado Chicre.

O mandado de busca e apreensão em nome do adolescente foi expedida no dia 19 de junho deste ano, pelo juiz Carlos Henrique Jardim da Silva, da 2ª Vara da Comarca de Iranduba.

*Procedimentos* – O adolescente irá responder por ato infracional análogo ao crime de estupro. Ao término dos procedimentos cabíveis na unidade policial, eles serão conduzidos à 31ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Iranduba, e, posteriormente, encaminhados para a Unidade de Internação Provisória em Manaus.

você pode gostar também