-Publi-A-

‘Adquiri ansiedade na pandemia’, diz profissional de saúde ao buscar ajuda na dança

Eldiney Alcântara | 24 Horas
[email protected]

A pandemia do novo coronavírus exigiu um cuidado maior do mundo quanto a saúde. Entre os diversos remédios e alternativas encontradas para combater a doença, em Parintins uma iniciava busca proporcionar a saúde física e mental das pessoas, o Aeroboi. O projeto junta os ritmos dançantes do Boi-Bumbá e da Zumba, uma combinação voltada para melhorar a qualidade de vida dos participantes.

O Aeroboi acontece no prédio em frente a Catedral de Nossa Senhora do Carmo, Centro de Parintins. Tem como coordenadores o coreógrafos parintinenses Samuel Gomes e Idelrin Klinger, que buscavam, na época, oferecer as coreografias de Garantido e Caprichoso em um só lugar, além de possibilitar melhores condições de saúde. “Então, foi nessa intenção de resgatar o público para vim participar onde pode dançar Garantido e Caprichoso. E sair também do sedentarismo e ter um espaço assim que possa comportar com qualidade”, disse Samuel.

Com a pandemia da Covid-19, as aulas agregaram também objetivos mais terapêuticos. O espaço foi adaptado e obedece os cuidados de saúde para dar segurança aos alunos. Álcool em gel, medidor de temperatura, espaçamento entre os alunos e uso de máscaras são medidas adotadas para a realização das aulas. Segundo o coreógrafo Idelrin Klinger, as atividades seguem um protocolo de segurança quanto à higiene e proteção dos participantes. Antes das atividades, o próprio Idelrin verifica a temperatura dos alunos e os posiciona nos locais predefinidos com espaço adequado entre eles.

Cura para ansiedade

Daniele Martins, 33, é técnica em enfermagem e atua na linha de frente do combate à Covid-19. Ela participa do projeto e usa as aulas como terapia para saúde mental e física. “O objetivo principal é recuperar a mente. A gente sabe que nesse momento de pandemia viver muito tempo isolado em casa, causa um pouco de ansiedade. Então, meu objetivo maior aqui foi fortalecer mais o meu organismo, perder um pouco de excesso de peso e também um pouco de distração”, destacou.

O trabalho nas unidades de saúde e vendo de perto a difícil situação de pacientes e familiares acabam abalando muitos profissionais de saúde. “Adquiri ansiedade na pandemia, devido a gente trabalhar na linha de frente. Então, foi muito estressante assim para gente. Tem aquele medo por trás, aquilo tudo então acaba causando assim uma ansiedade na gente. Então, o objetivo principal meu aqui foi mesmo fugir dessa ansiedade. A gente consegue ocupar a mente, a gente consegue fugir um pouco da realidade, espairecer”, revelou.

O projeto Aeroboi inicioi em Parintins no dias 15 de Março e foi contemplado pela Lei Aldir Blanc de Incentivo à Cultura. As aulas acontecem de segunda a sábado das 18hs às 20hs, divididos em duas turmas. O espaço atende 30 pessoas.

você pode gostar também