Advogados pedem suspensão do afastamento de vereadores Rai Cardoso e Everaldo Batista

Hoje às 10 horas o Comitê de Combate à Corrupção Eleitoral entrega documento sobre o tema no Fórum Vidal Pessoal.

Tadeu de Souza | Blog Tadeu de Souza

Parintins (AM) – A notícia foi confirmada pelo próprio Ministério Público Estadual (MPE) ao fim de uma reunião na tarde de ontem na Câmara Municipal.

A justificativa seria o fato do processo que envolve os vereadores Ray Cardoso (PMDB) e Everaldo Batista (PROS), presidente afastado da Câmara Municipal, já ter passado da fase de inquirição de testemunhas não justificando, nos entendimento dos advogados de ambos, o afastamento determinado pelo juiz Fábio Olinto de Souza já que agora não há como os dois vereadores intervirem no processo.

A decisão será do juiz Fábio Olinto de Souza que pode conceder ou não.

O Comitê de Combate à Corrupção Eleitoral e os Movimentos Populares são contra. Entregam hoje pela manhã um documento pedindo que a Justiça mantenha o afastamento dos vereadores.

“Seria um desmoralização para sociedade civil, inaceitável sob qualquer aspecto, acreditamos que o juiz Fábio Olinto não irá permitir isso, até porque já se sabe que um dos réus vive a ameaçar profissionais de imprensa e ativistas dos movimentos sociais”, disse a professora Fátima Guedes.

você pode gostar também