-Publi-A-

“Ajuda vai chegar em boa hora”, diz Saullo Viana sobre retorno do auxílio emergencial do Governo Federal

O Congresso Nacional aprovou, na segunda-feira (15), a Proposta de Emenda à Constituição no. 189/2019, popularmente conhecida como PEC Emergencial, que prevê o retorno do pagamento de auxílio disponibilizado pelo Governo Federal.

Apesar de os valores e requisitos do novo auxílio dependerem de Medida Provisória (MP) para chegarem efetivamente aos cidadãos, o deputado Saullo Vianna (PTB) comemorou a notícia.

O parlamentar lembrou que, em janeiro deste ano, período em que o Amazonas despontou como o primeiro estado brasileiro a sentir na pele os efeitos negativos com o agravamento da segunda onda da pandemia da Covid-19, formalizou pedidos tanto para o Governo Federal e também para a bancada federal para a retomada do benefício.

“O Brasil lamentavelmente vive hoje o que nós aqui no Amazonas vivemos no mês de janeiro com crescimento de casos, internações graves e óbitos por coronavírus além dos efeitos impostos por conta das restrições de circulação de pessoas e fechamento de serviços não essenciais. Sem dúvida, o pagamento desse auxílio vai ajudar muitas pessoas”, frisou.

O deputado espera que o benefício comece a ser pago o mais breve possível. Mesmo sem a PEC trazer valor específico, a estimativa é que o Governo Federal libere algo em torno de R$ 175 e R$ 375, e inicie o pagamento no mês de abril.

você pode gostar também