Aleam aprova Auxílio Emergencial da Cultura: Relator do PL, Saullo Vianna, ressalta conquista à classe

O deputado estadual Saullo Vianna (PTB), presidente da Comissão de Cultura e Economia Criativa da Assembleia Legislativa do Amazonas, foi o relator do Projeto de Lei – oriundo da Mensagem Governamental Nº  030/2021 – que institui a criação do Auxílio Cultura Emergencial aprovado nesta terça-feira, 20.

Aprovado nesta terça-feira (20), durante sessão de votação na Aleam, o PL tramitou em regime de urgência e foi aprovado por unanimidade.

O benefício vai contemplar 7,5 mil trabalhadores da Cultura que se encontram em situação de vulnerabilidade social desde o início da pandemia, março de 2020, quando o setor ficou impossibilitado de retomar a realização de eventos.

No valor de R$ 600, o pagamento do benefício será dividido em três parcelas de R$200 e executado pela Secretaria de Estado da Cultura e Economia Criativa (SEC).

Para Saullo Vianna, que ao longo do último ano esteve à frente das tratativas com artistas de diversos segmentos culturais e o executivo estadual, para viabilizar pagamento do benefício, a aprovação da matéria foi uma conquista.

“Os trabalhadores do setor cultural e eventos, desde o início da pandemia, foram os primeiros a parar e serão os últimos a voltar suas atividades. O auxílio vem para minimizar a dificuldade que estes pais e mães de família se encontram. Dependendo de como as coisas vão estar em relação à vacinação, podemos nos unir novamente para assim conseguirmos prorrogar o pagamento dessa ajuda para o segundo semestre”, avaliou.

você pode gostar também