Alessandra Campêlo denuncia: ‘tem tapuru na comida da PM’

Deputada Estadual Alessandra Campelo na tribuna da Assembleia. Foto: Jimmy Christian

A deputada defende que, devido à péssima qualidade do serviço, o contrato com a Ripasa não seja renovado pelo Executivo.

Da Redação | 24 horas

[email protected]

Manaus – Tem tapuru na comida dos policiais militares. Essa foi a grave denúncia apresentada pela deputada estadual Alessandra Campêlo (PMDB) durante pronunciamento no pequeno expediente desta terça-feira, 26 de abril, na Assembleia Legislativa do Amazonas.

Usando um vídeo publicado na última sexta-feira no Portal do Holanda, a parlamentar criticou o Governo do Estado por manter um contrato de mais de R$ 26 milhões com a Ripasa Alimentos Ltda e a mesma continuar fornecendo uma alimentação de péssima qualidade aos PM’s.

“Para os policiais militares, quando tem comida, servem lixo junto com a comida, servem tapuru, e ainda vem a nutricionista da Ripasa dizer que isso é broto de feijão. Isso é vergonhoso e que quero saber se algum deputado tem a coragem de defender a comida da Ripasa, quero saber quantas multas a Ripasa já recebeu”, comentou Alessandra, jogando a responsabilidade para o governador.

A deputada defende que, devido à péssima qualidade do serviço, o contrato com a Ripasa não seja renovado pelo Executivo. Alessandra propõe que os policiais militares recebam um auxílio alimentação como benefício nos salários no lugar de comida estragada.

“Governador, por que o senhor não troca por ticket se os policiais querem isso. Está para indo para o bolso de quem essa diferença que a Ripasa ganha em cima do sacrifício e da péssima qualidade de trabalho dos policiais militares? ”, questionou Alessandra, que classificou o contrato com a Ripasa como um caso de “saúde pública e de polícia”.

você pode gostar também