Alunos parintinenses participam de torneio de robótica, em Manaus

Gilson Almeida | 24 Horas

[email protected] 

Parintins (AM) – Os alunos do SESI Padre Francisco Luppino apresentaram na tarde desta sexta-feira (07) o projeto de revitalização sustentável da Praça Eduardo Ribeiro, que abriga o Palácio Cordovil, a antiga sede da Prefeitura, situada no Centro de Parintins, no torneio de robótica First Lego League, em Manaus, que iniciou na sexta-feira, 07, e se estende até hoje, 08.

A equipe Lego Master tem como técnico o professor Helyssandro Tavares e vice-técnico Adson Figueiredo. Ela é composta por 10 alunos de 11 à 14 anos: Ana Luíza, Fábio Júnior, Raina Melissa, Gabriel Romanini, Thais Vasconcelos, Emily Moreira, Eduardo Roberto, Mariah Pierre, Glória Letícia e Ingrid Rezende.

Governo do Amazonas 2

A ideia da equipe Lego Master é inspirar o poder público a construir a primeira praça sustentável no interior do Amazonas e a primeira da região norte. Para tanto, a equipe confeccionou a planta e a maquete da praça baseada em conceitos de volume e espaço, sugerindo ao processo de revitalização a inclusão de uma arquitetura sustentável que utilize tijolos, cimento e tintas ecológicas, iluminação de LED, sistema fotovoltáico, eficiência híbrida, bambu, blocos paver, mobiliário em madeira plástica, pisos permeáveis e o piso podo tátil para deficientes visuais. De acordo com os idealizadores do projeto, a revitalização da praça contemplaria também espaços que proporcionaria educação, cultura, saúde, segurança, lazer, turismo e acessibilidade.

A equipe Lego Master acredita no uso de produtos alternativos na construção civil porque preocupa-se em preservar o planeta para as futuras gerações. O grupo também defende a ideia de que é possível morar na maior diversidade de vida, a Amazônia, e crescer economicamente sem agredir o meio ambiente.

“Como nosso projeto tem essência educacional é super prazeroso conhecer e estudar um pouco da rica história da Praça Eduardo Ribeiro de Parintins, a qual ja teve o Palácio Cordovil como a sede da nossa Prefeitura. Hoje em dia ela está em situação precária e precisa de uma revitalização por isso nossa equipe escolheu ela como problema e buscar solucioná-lo utilizando recursos alternativos e sustentáveis para que não se agrida tanto a natureza”, disse o técnico da equipe Helyssandro Tavares.

No torneio participam 37 equipes em que as oito melhores da etapa regional se classificarão para a etapa nacional que será realizado em São Paulo.

você pode gostar também