-Publi-A-

Amazonas é destaque nacional na geração de empregos no setor da Construção Civil

FOTO: EUZIVALDO QUEIROZ/ACRÍTICA

Pela primeira vez, em 33 meses, o mercado da construção civil teve aumento no número de geração de empregos no País e o Amazonas foi o Estado que registrou o maior crescimento, com 353 novos postos de trabalho gerados no setor. Os dados são do O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e foram divulgados pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

De acordo com o presidente da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário do Amazonas (ADEMI-AM), Romero Reis, esse dado mostra como a economia está começando a caminhar separadamente do ambiente político.

“A retomada do crescimento já é fato e alguns dos reflexos disso são a poupança com saldo positivo, a taxa Selic de um dígito e com expectativa de redução, podendo chegar na faixa entre 7% e 8%, até o final de 2017, além da inflação abaixo da meta. Ao analisarmos esse quadro, podemos afirmar que o crescimento continuará tímido, porém constante. Ao longo de pelo menos uma década, teremos mais estabilidade, geração positiva de postos de trabalho, distribuição de renda e qualidade de vida”, assegurou o empresário.

Dentre os motivos para o crescimento, está a liberação das contas inativas no FGTS, que fez com que boa parte dos brasileiros quitassem as suas dívidas e pudessem retomar o crédito, movimentando assim a economia.

O crescimento pode ser observado também em outros segmentos, como o comércio (518 postos), o varejista (504) e a agricultura (404 vagas). Esses números são nacionais.

Em todo o País, foram criadas 35,9 mil vagas de empregos formais em julho.

você pode gostar também