Amazonastur abre prazo de inscrição para o workshop ‘Bem Receber’, em preparação para o Festival Folclórico de Parintins

A Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur) acelera o ritmo de preparação dos prestadores de serviços turísticos parintinenses com ações estratégicas voltadas à recepção dos visitantes. A partir desta segunda-feira (13), a Amazonastur abre o prazo para as inscrições no workshop “Bem Receber”, no Centro de Atendimento ao Turista (CAT), em Parintins.

A empresa vai realizar o evento para qualificar cerca de 300 pessoas do município que desenvolvam alguma atividade econômica relacionada ao turismo, tais como artesãos, permissionários de feiras e mercados, camareiras, atendentes de bares, restaurantes, lanchonetes, porto, aeroporto, garçons, taxistas/mototaxistas, tricicleiros, entre outros. A atividade será realizada para dez turmas de 30 participantes, em duas etapas. O objetivo da capacitação é melhorar a qualidade na prestação de serviços aos turistas de Parintins.

A Amazonastur contratou a Singulari Consultoria para fazer o treinamento. A empresa tem expertise internacional em gestão de mudanças e desenvolvimento de pessoas e já trabalhou com a Amazonastur em outra oportunidade, realizando excelentes resultados.

Para realizar as inscrições, que acontecem nos dias 13 e 14 de maio, segunda e terça-feira, uma equipe da Amazonastur estará em Parintins cadastrando os interessados, das 8h às 17h, ou até encerrar o número de vagas, no CAT, na avenida Jonathas Pedrosa, 2.471. Para realizar as inscrições para os cursos, basta levar RG e CPF.

Os treinamentos da primeira etapa ocorrerão entre os dias 20 e 22 de maio, nos seguintes horários: dia 20/5, das 18h às 20h e das 20h30 às 22h30; dia 21/5, das 15h às 17h e das 18h às 20h; e dia 22/5, das 9h às 11h.

Já nos dias 3 e 4 de junho, estarão abertas as inscrições para a segunda etapa do curso, que será realizada nos dias 17 e 19 de junho, nos seguintes horários: dia 17/6, das 18h às 20h e das 20h30 às 22h30; dia 18/6, das 15h às 17h e das 18h às 20h; e dia 19/6, das 9h às 11h.

Conforme a chefe de Projetos e Capacitação da Amazonastur, Kethlenn Porto, os “tricicleiros”, que estão entre os primeiros profissionais a ter contato com turistas, sobretudo os que chegam por via fluvial, terão prioridade no treinamento. Pela primeira vez, os tricicleiros que participarem do curso, receberão o certificado “Tricicleiro Pai D’égua” – que, na linguagem local, quer dizer “pessoa do bem, bacana” – e também terão fardamento e mais a pintura padronizada pela Amazonastur em consonância com o festival.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here