Amo da dedicação: Edmundo Oran corre e se prepara todos os dias para desempenhar o papel de dono da Fazenda

Da Redação | Parintins 24 Horas

[email protected]

Parintins (AM) – Só cuidar da voz não basta. O amo do boi bumbá Caprichoso Edmundo Oran é o exemplo de dedicação ao item de número seis que defenderá pelo segundo ano consecutivo na arena do Bumbódromo. Antes de subir no palco, dos exercícios vocais ele corre e corre bastante para se preparar para o espetáculo azulado deste ano. “Faço a corrida aqui e depois pego mais uma hora de academia”, disse ele enquanto corria na praça da liberdade no centro.

Depois de cuidar do corpo é hora da mente trabalhar. Ele tem evitado apresentar os versos novos nos ensaios do curral Zeca Xibelão. Tem se dedicado na produção das sátiras e versos temáticos de acordo com o que solicita o conselho de Arte do Caprichoso. “Os versos estão prontos e na ponta da língua estamos aguardando a hora de sentir e emoção da nação azul e branca na arena do bumbódromo”, afirma.13450079_1104181209640209_1121242815520815353_n

Nos ensaios a concentração, foco, dedicação e disciplina do curumim azulado que se tornou o dono da fazenda apresenta resultados. Ele corre, canta, pula, dança no palco e versa com galera e marujada. “O improviso a gente faz na arena, nós estamos todas as noites no curral ensaiando com a marujada de guerra que esta afinadíssima, a galera com as toadas na ponta da língua. Com certeza vamos fazer um belíssimo festival nas três noites no Bumbódromo”, disse.

Edmundo sabe que a responsabilidade é grande principalmente em um ano onde todos os olhos se voltam para a superação do artista. “A expectativa é imensa, agora três noites de festival, mostrar garra, mostrar raça pra juntos vencermos o contrario nas três noites”.

você pode gostar também