Ano Letivo 2021: volta às aulas da rede estadual está prevista para 18 de fevereiro com ensino remoto

Calendário escolar será seguido pela Secretaria de Estado de Educação

O Conselho Estadual de Educação do Amazonas (CEE-AM) aprovou, para o próximo dia 18 de fevereiro, o retorno das aulas da rede pública estadual, com a definição do Calendário Escolar que será seguido pela Secretaria de Estado de Educação e Desporto. O documento será publicado no Diário Oficial do Estado (DOE). Inicialmente, as aulas serão na modalidade remota, conforme já havia anunciado o governador Wilson Lima, na última sexta-feira (29/01).

Primeiramente, serão iniciadas as aulas do Ensino Básico e Educação de Jovens e Adultos (EJA), com transmissões pela televisão aberta e internet. O Ensino Mediado por Tecnologia, realizado pela Secretaria de Educação por meio do Centro de Mídias da Educação (Cemeam), tem data de início prevista somente para o dia 15 de março.

Entre os dias 8 e 10 de fevereiro, será realizada a Jornada Pedagógica, voltada para todos os docentes da rede estadual, também de maneira on-line. O término do ano letivo está agendado para 17 de dezembro para todas as modalidades, conforme o calendário escolar.

De acordo com o secretário de Estado de Educação, Luis Fabian Barbosa, durante a semana, a Secretaria de Estado deve finalizar os detalhes do novo formato do regime especial de aulas não presenciais, que inclui o “Aula em Casa”. “Estamos trabalhando para atualizar o formato das nossas transmissões e assistir ainda mais nossos estudantes neste momento. Nosso calendário vai iniciar dentro do que foi previsto para que possamos avançar no início do ano letivo”, explicou.

Interior – O calendário vale também para as escolas estaduais nos municípios do interior do Amazonas. Os estudantes das escolas de Ensino Básico que tiverem acesso ao “Aula em Casa” poderão acompanhar pela televisão e internet. Já aqueles que não tiverem acesso devem ficar atentos aos comunicados das escolas, que definirão as estratégias para início das atividades.

Nova EJA – Neste ano, a Educação de Jovens e Adultos (EJA) foi reformulada. Agora, ela possui nova carga horária (400h) e terá uma série por semestre. Por conta disso, a modalidade teve o seu calendário escolar dividido em duas etapas: o primeiro semestre, que deverá ser iniciado no dia 18 de fevereiro, com término em 23 de julho; e o segundo semestre, que começará em 26 de julho e será finalizado no dia 29 de dezembro.

Governo do Estado e Prefeitura de Manaus iniciam matrículas para novos alunos

Serviço será realizado de forma on-line e por telefone

O Governo do Estado e a Prefeitura Municipal de Manaus iniciam, a partir da próxima segunda-feira (08/02), o atendimento de matrícula para novos alunos da rede pública de ensino do Amazonas. O procedimento será on-line, para os estudantes que têm em mãos toda a documentação necessária; e por telefone, para aqueles que estão com algum documento pendente.

O calendário de matrículas da Secretaria de Estado de Educação e Desporto e Secretaria Municipal de Educação (Semed-Manaus) foi suspenso no início do mês de janeiro. Para retomar às matrículas, as pastas definiram novas datas e estratégias para que não seja necessário atendimento presencial.

As matrículas de novos alunos estarão disponíveis pelo link www.matriculas.am.gov.br ou por telefone, por meio do número da Central de Atendimento Matrículas, que será divulgado posteriormente. Neste ano, o procedimento estará disponível das 7h até as 19h, a partir do dia 8 de fevereiro. O prazo para atendimento de novos alunos encerra no dia 12 de fevereiro.

Os pais e responsáveis que dispuserem de toda a documentação necessária para matricularem os filhos deverão se utilizar do atendimento somente pelo site, que segue sendo o procedimento mais rápido para garantir a vaga do estudante. Já o Atendimento Matrículas, por telefone, será reservado somente àqueles que, por algum motivo, estão com documentos pendentes.

Atendimento Matrículas – Ao entrar em contato pelo telefone disponível, o pai ou responsável irá ouvir uma mensagem pré-gravada, alertando-o de que a ligação será retornada (callback). A ideia deste procedimento é que não sejam criadas filas e, consequentemente, o solicitante não espere tanto tempo para ser atendido pela equipe das secretarias de Educação.

No retorno da ligação, o pai ou responsável deverá passar as informações do filho para que o atendente realize um cadastro e, em seguida, a matrícula na escola desejada. Caso não haja vaga na unidade, ele será alertado e deverá optar por outra escola.

Embora o serviço do Atendimento Matrículas seja realizado totalmente por meio de ligação telefônica, as secretarias de Educação reforçam que, ao retornarem às aulas presenciais, os alunos deverão levar a documentação pendente já na primeira semana de aula.

A gerente de matrículas da Semed-Manaus, Darlene Liberato, reforça que os pais precisam ter paciência, pois são muitas vagas e todos serão atendidos, via web e telefone. “Estamos nos organizando, as duas secretarias, para realizar o melhor atendimento possível. Outro ponto é que ele não precisa sair de casa e se aglomerar nas escolas porque temos estrutura para atender tanto pela internet quanto por telefone”, disse a gerente.

Transferência – Agendado, inicialmente, para acontecer entre os dias 22 e 25 de janeiro, o período de transferências será realizado após a retomada das aulas. O serviço estará disponível de maneira on-line, também pelo site de matrículas.

“A prioridade nessa retomada do atendimento são aqueles alunos que ainda não estão matriculados em escola pública do estado e de Manaus. Aqueles estudantes que já fazem parte de uma das redes estão com suas vagas garantidas. Após o retorno das aulas, as secretarias irão informar quando eles poderão pedir transferência de escola”, alertou a gerente de Matrículas da Secretaria de Estado de Educação de Desporto, Irlanda Araújo.

Números – Neste ano, a rede estadual espera atender cerca de 589 mil estudantes, entre alunos em continuidade de ensino e novos alunos em 599 unidades escolares. Para novos alunos, estão sendo ofertadas 168 mil vagas. Já a rede municipal deve atender cerca de 263 mil crianças, com a abertura de 46 mil vagas para novos estudantes.

você pode gostar também