Após 11 meses de combate à Covid-19, diretora do Jofre Cohen sente sintomas

Eldiney Alcântara | 24 Horas
[email protected]

A diretora do hospital Jofre Cohen, Joseane Mascarenhas, que atua no combate ao novo coronavírus em Parintins desde o início da pandemia, publicou hoje, 02, que está há três dias com sintomas da doença. Ela teve que se afastar do trabalho e agora segue em tratamento médico.

“Não tinha como ser diferente. Daqui uns dias, completamos 11 meses de pandemia. 11 meses enfrentando um inimigo invisível. 11 meses lutando arduamente na linha de frente. Não tinha como ser diferente. Não poderia de forma alguma, não sentir a dor do meu próximo”, disse serena, Joseane.

Mesmo em contato direto com pacientes positivados, a enfermeira passou quase 11 meses sem se infectar. Um feito que impressiona. “A rotina diária me fazia está beira leito de cada paciente. Isso mais que me fortalecia, me dava forças para pensar em cada detalhe, em cada ação, em cada passo a ser tomado. Mesmo sabendo os riscos, não tinha como ser diferente”, explicou.

Mesmo doente, Joseane afirma que ainda mantém sua mente nos amigos e pacientes que estão no hospital. Ela se mostra consciente e não se arrepende do trabalho realizado junto aos doentes. “Faria tudo novamente. Como faria. Deus sabe disso. Mas, hoje preciso ter uma pausa. Três dias sentindo sintomas, me sinto obrigada a frear. Descansar o corpo e a alma. Ouvir as inúmeras vozes, os inúmeros clamores, as inúmeras orações. Deixar Deus tomar conta da minha vida… Tudo dará certo!”, declarou confiante.

você pode gostar também