Após 14 anos, Brasil pode ficar sem top 3 na 1ª fase da Libertadores

Se no início do ano muitos apontavam os brasileiros como francos favoritos em seus respectivos grupos da Libertadores, hoje a situação é diferente. É grande a chance que nenhum time do país termine entre as três melhores campanhas da fase de grupos, o que na teoria garante rivais mais acessíveis nas oitavas de final.

Atlético Nacional-COL e Pumas-MEX já não podem ser alcançados por brasileiros. Para também ser top 3, basta para o Toluca empatar com o Grêmio na última rodada do grupo 6. A esperança nacional passa por uma derrota do Toluca e triunfos de Corithians e Atlético-MG na jornada derradeira de suas chaves.

A falta de um brasileiro em alguma dessas posições não acontece desde 2002, quando elas foram dominadas novamente por mexicanos: o América-MEX terminou em primeiro, seguido pelo compatriota Monarcas Morelia e o argentino Boca Juniors.

À época, o São Caetano, que chegaria à final e seria vice-campeão da Libertadores diante do Olímpia-PAR, foi o brasileiro melhor colocado, apenas em quarto. Assim, ele pôde enfrentar o quarto pior time da fase de grupos nas oitavas de final, a Universidad Católica-CHI.

De lá para cá, as três melhores campanhas sempre foram comuns a, ao menos, um brasileiro. O melhor rendimento dos times nacionais foram em 2003, 2004 e 2012, quando eles deixaram o pódio “verde e amarelo”. Primeiro, com Corinthians, Santos e Paysandu; depois, Santos São Paulo e Cruzeiro; por último, Fluminense, Corinthians e Santos.

Veja as três melhores campanhas da fase de grupos de cada ano desde 2002:

2002
1º:
América-MEX
2º: Monarcas Morelia-MEX
3º: Boca Juniors-ARG

2003
1º: Corinthians
2º: Santos
3º: Paysandu

2004
1º: Santos
2º: São Paulo
3º: Cruzeiro

2005
1º:
River Plate-ARG
2º: Boca Juniors-ARG
3º: Santos

2006
1º:
Vélez Sarsfield-ARG
2º: Internacional
3º: Corinthians

2007
1º: Santos
2º: Flamengo
3º:
Libertad-PAR

2008
1º: Fluminense
2º: Flamengo
3º:
River Plate-ARG

2009
1º: Grêmio
2º:
Boca Juniors-ARG
3º: Nacional-URU

2010
1º: Corinthians
2º: São Paulo
3º:
Estudiantes-ARG

2011
1º: Cruzeiro
2º:
Libertad-PAR
3º: Internacional

2012
1º: Fluminense
2º: Corinthians
3º: Santos

2013
1º: Atlético-MG
2º:
Santa Fe-COL
3º: Olimpia-PAR

2014
1º:
Vélez Sarsfield-ARG
2º: Grêmio
3º: Santos Laguna-MEX

2015
1º:
Boca Juniors-ARG
2º: Tigres-MEX
3º: Internacional

Do ESPN

você pode gostar também