Após constantes reajustes no preço da gasolina, corrida do mototáxi sobe para R$ 7,00

Gilson Almeida | 24 Horas
[email protected]

Após os constantes e acelerados reajustes do preço da gasolina onde em Parintins o valor do litro custa em média R$ 7,19, a corrida do mototáxi no perímetro urbano subiu de R$ 5,00 para R$ 7,00.

O reajuste do serviço foi deliberado na assembleia geral extraordinária da Cooperativa dos Mototaxistas de Parintins (Coopmoto) realizada na quarta-feira (20).

De acordo com o vice-presidente da Coopmoto, Cesar Cantel, o aumento do preço do transporte de passageiros se dá após 9 anos e pede a compreensão da população.

“A nossa classe de mototaxistas está sofrendo bastante impacto com os reajustes do combustível. Quando vem o amento do combustível sabemos que tudo aumenta. Não vou citar supermercado, mas sim particularidades que impacta diretamente a nossa profissão que são elevados preços das peças de reposição como pneus, freios e a gasolina. Eu, por exemplo, colocava para trabalhar R$ 20,00 de gasolina por dia, hoje eu coloco de R$ 30,00 a R$ 35,00”, falou.

A cópia da ata da assembleia geral extraordinária foi entregue para o Setor de Terras e para a Procuradoria-Geral do município para que seja homologado esse pedido de reajuste do preço das corridas dos mototaxistas. Atualmente a Coopmoto tem 400 associados.

Antes do reajuste do preço do serviço da categoria, o portal Parintins 24 horas apresentou os impactos financeiros enfrentados pelo mototaxista Davi Moura, de 43 anos, após o aumento do preço do gasolina. Ele relatou que parte do recurso que ele adquire com as corridas cerca de 10 a 15% vai só para a compra do combustível. Sua meta pessoal é de conseguir faturar R$ 50,00 por dia para que ele possa ter um salário de R$ 1,500,00 no final do mês e assim sustentar sua família. “A cada R$ 15,00 a R$ 20,00 de combustível comprado para pôr na moto a gente tem uma perda de 10 a 15% do dinheiro adquirido com as corridas. A gente está gastando mais combustível para fazer as mesmas corridas, para fazer o mesmo dinheiro”, disse.

você pode gostar também