-Publi-A-

Após fuga, homem preso pela morte de personal trainer em Coari é recapturado

Um homem de 23 anos que havia fugido da Unidade Prisional de Coari foi recapturado na quinta-feira (12), na casa de uma ex-companheira. Ele estava preso pela morte de um personal trainer, no fim do ano passado.

Jhonatas Moriz Tavares quebrou a grande da cela em que estava e conseguiu escapar sem ser notado. A fuga ocorreu na noite de terça-feira (10). A prisão ocorreu depois que a polícia recebeu uma denúncia anônima.

Em nota, a Secretaria de Administração penitenciária (Seap), informou que Tavares vai permanecer preso e que a fuga será investigada.

Crime

O assassinato ocorreu no dia 6 de novembro de 2020, na academia em que trabalhava a vítima, o personal Leandro de Araújo Pinheiro.

De acordo com o delegado José Barradas, titular da DIP, no dia do crime, dois indivíduos foram até a academia e simularam que queriam fazer um treino com o personal trainer. Esses criminosos foram contratados por um homem, que atuou como intermediário entre o mandante do crime e os assassinos. O intermediário foi preso em julho. No total, cinco envolvidos no assassinato foram presos.

Na academia, o personal trainer foi atingido com vários tiros e chegou a ser levado ao hospital do município, porém não resistiu aos ferimentos. Segundo o delegado, a motivação do crime teria sido ciúmes, envolvendo uma ex-namorada do personal trainer. Os atiradores receberam cerca de R$ 5 mil para realizar o crime.

Com informações do g1

você pode gostar também