Arena Planeta Boi: se consagra e entra oficialmente no calendário das galeras dos bumbás de Parintins

Para quem não vê a hora de pisar na ilha tupinambarana e conferir de perto o retorno do Festival Folclórico de Parintins, o Arena Planeta Boi serviu como um esquenta e aqueceu os torcedores de Caprichoso e Garantido, provocando uma verdadeira noite de emoção e magia na Arena da Amazônia.

Milhares de pessoas ocupavam todos os setores da festa para celebrar Caprichoso e Garantido que se prepararam para o maior Festival de todos os tempos, que este ano será realizado de 24 a 26 de junho.

O evento iniciou com o show da artista Marcia Novo, que apresentou o espetáculo ‘Eletroboi’, levando as toadas dos dois bumbás com uma ‘pitada’ dos beats eletrônicos.

Militante da causa amazônida, a cantora levou Yra Tikuna, Sâmela Sateré-Mawé e Thais Kokama para declarar que “vidas indígenas importam”. Ela ainda fez uma homenagem aos artistas dos bumbás que faleceram nos dois últimos anos, soltando balões brancos rumo ao céu.

Na sequência, um show pra emocionar e comprovar que o boi-bumbá encanta todos os públicos. Acompanhadas da Amazonas Jazz Band, Mara Lima e Márcia Siqueira entoaram clássicos dos bois, como ‘Índios do Brasil’ e ‘Sensibilidade’.

Caprichoso com ‘Amazônia – Nossa Luta em Poesia

Com uma hora e meia de apresentação,  o Caprichoso iniciou o show celebrando o retorno “do abraço e da cultura popular” após um hiato de dois anos por causa da pandemia do coronavírus. O tocante do amo do boi, Prince do Caprichoso, anunciava que o espetáculo ‘Amazônia – nossa luta em poesia’ iria encantar o público presente.

Um dos momentos que mais impactou a torcida azulada foi a chegada da cunhã-poranga Marcielle Albuquerque. Do alto da Arena da Amazônia, numa tirolesa, a mais bela da tribo do Caprichoso ‘sobrevoou’ o público ao som de ‘Guardiãs’.

Dentre clássicos dos discos azulados e das novas composições, o show do Caprichoso contou com a participação de todos os itens individuais, além de outros como Marujada, Vaqueirada, Tuxauas e Galera.

O Caprichoso encerrou seu espetáculo com uma grande apoteose no palco do Arena Planeta Boi.

Garantido com ‘Amazônia do Povo Vermelho’

Em seguida, com o mesmo tempo, o Garantido chegou para emocionar seus torcedores com o amo do boi, João Paulo Faria, fazendo um verso de homenagem a Lindolfo Monteverde, criador do boi vermelho e branco.

Uma ‘onda rubra’ tomou conta da Arena da Amazônia com a interação dos itens oficiais do Boi da Baixa – Israel Paulain, Sebastião Jr e David Assayag – com a sua galera ao som de ‘Os camisa encarnada’ e ‘Eu nasci pra ser vermelho’.

O Garantido também presenteou o público com as toadas 2022, além dos grandes sucessos do boi.

No palco com a Batucada, também se apresentaram todos os itens individuais do Garantido. A primeira aparição feminina foi da porta-estandartes Daniela Tapajós.

Sinta Parintins

A primeira edição do Arena Planeta Boi contou ainda com um super show do grupo Canto da Mata. Perto dos primeiros raios de sol despontarem no céu da Arena da Amazônia, ainda faziam a festa no palco grandes artistas d

você pode gostar também