Artista vai retratar Parintins baseado em versos de poetas e escritores amazonenses

Em clima de saudade e nostalgia, o artista Junior Fuziel, de 28 anos, está produzindo desenhos em aquarela com a proposta de retratar o município de Parintins, distante a 369 quilômetros de Manaus, com cenas narradas por escritores e poetas amazonenses.

O projeto, intitulado “Parintins em Aquarela”, foi contemplado no Prêmio Amazonas Criativo, por meio da Lei Aldir Blanc, com apoio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Amazonas (SEC), e a Prefeitura de Parintins.

Fuziel explica que, ao todo, serão oito obras produzidas em uma folha de compensado no tamanho de 1,10 por 2 metros, utilizando a técnica em aquarela com tons monocromáticos. O artista falou a respeito do processo criativo do projeto.

“O projeto já está em execução com a preparação das peças, e ao mesmo tempo estou nas partes de pesquisa e leituras de como “Órfãos das Águas” e “O Andaluz”, de Wilson Nogueira, “Cinzas do Norte”, de Milton Hatoum, “O Magnífico Folclore”, de Tonzinho Saunier. Além disso, também estou selecionando algumas músicas de Fred Góes para construir esse trabalho”, falou.

Exposição – As obras do desenhista Junior Fuziel ficarão em exposição no Mercado Municipal Leopoldo Neves, em Parintins, marcada para acontecer no dia 23 de abril deste ano.

Junior Fuziel está bastante entusiasmado com o projeto e espera superar as expectativas. “A expectativa é a melhor possível, pois a felicidade em ter uma exposição com base em obras de grandes escritores ou poetas, é de uma responsabilidade muito grande. O desafio é ainda maior, mas cada obra tem sua essência, e cada uma delas será feita com um carinho especial”, reitera.

O artista pretende trazer a exposição para Manaus. “Vamos aguardar os resultados, mas quem sabe possa acontecer essa oportunidade”, conclui.

Trajetória – Natural de Parintins, o desenhista Junior Fuziel iniciou a trajetória sendo do curso de Artes Plásticas na Casa Acolhida, de 2001 a 2002.

Ele também estudou Desenho Artístico no Liceu de Artes Cláudio Santoro de 2015 a 2016.

Aos poucos, o artista conquistou seu espaço e hoje faz parte do time de desenhistas do Boi Caprichoso no Conselho de Artes, grupo responsável por organizar as apresentações do bumbá no Festival Folclórico de Parintins.

Em 2021, Fuziel participou de outros projetos contemplados pela Lei Aldir Blanc e da Exposição Amores da Floresta. Com este novo trabalho, ele assina o protagonismo de sua criação.

FOTO: Pedro Coelho

você pode gostar também
..