Artistas parintinenses interpretam música que fala sobre amor e saudade daqueles que já partiram

Gilson Almeida | 24 Horas
[email protected]

O parintinense Alceo Anselmo compôs a música “Amor que existe em mim” que fala sobre o amor e a saudade das pessoas queridas que já partiram. A música também conta com um videoclipe de 04 minutos e 49 segundos que além de Alceo, tem a interpretação de David Assayag, Edmundo Oran, Mailzon Mendes, Joba Marçal (Warilow), Alder Oliveira e Iana Yra, com mixagem e edição de Victor Nascimento.

No videoclipe mostra imagens de pessoas que já faleceram como Arlindo Júnior, Klinger Araújo, Enéas Gonçalves, Zezinho Corrêa, Paulinho Faria, Júnior de Souza, O Considerado, Geny de Medeiros Cursino, entre outros.

Alceo destaca que o projeto foi feito on line devido a pandemia da Covid-19. “Esta obra foi idealizada no intuito de falar da amizade, da saudade, dos amores que partiram, principalmente do amor em sua coletividade. Esse projeto não foi criado pelo momento da Covid, mas para relembrar a memória das pessoas que já se foram, independente de época”, explicou.

Participam também da obra: Júnior Armstrong (violão solo), Neil Armstrong (violão base), Sérvio Tulio (bass), Giba (sax soprano), Labanda (piano), Alceo Anselmo (teclado), Jaercio Anselmo (cavaco), Júnior Luz (surdo) e Rei Azevedo (pandeiro).

As pessoas podem assistir o videoclipe no canal no YouTube de Alceo Anselmo.

você pode gostar também