Balsa cheia de gado bovino emborca no Lago do Mamuriacá, em Nhamundá 

Tripulação da embarcação recebeu ajuda de comunitários de Santo Antônio; acidente deixou 52 animais mortos e 38 vivos.

Da Redação

Uma balsa motorizada virou, com 90 animais bovinos, na frente da comunidade Santo Antônio do Mamuriacá, em Nhamundá, na manhã de quarta-feira (15). É comum, nessa época do ano, com a chegada da enchente na várzea, o rebanho de gado ser levado da várzea para os campos de terra firme, onde permanece por cerca de três meses, até a vazante.

Acidente deixou 52 animais mortos e 38 vivos; moradores da comunidade ajudaram no resgate.

Moradores da comunidade Santo Antônio do Mamuriacá, em embarcações de pequeno porte, ajudaram no resgate da tripulação da balsa. O acidente deixou 52 animais mortos e 38 vivos. As informações e fotos do naufrágio da balsa, denominada Águia de Fogo, foram compartilhadas pelo nhamundaense, Yomar Júnior.

Balsa com gado embarcou com agitação de animais.

A causa do acidente, segundo relatos nas redes sociais, é ligado ao desequilíbrio da embarcação, devido muitos animais estarem deitados no curral e gerarem maior peso mais para um lado. Quando o vaqueiro mexeu com o gado para se levantar e tentar a estabilização da balsa, um lote de animais se agitou, correu e provocou o tombamento da embarcação.

você pode gostar também