Barreirinha está prestes a adquirir a própria usina de oxigênio medicinal

Publicação feita no Diário Oficial dos Municípios, o prefeito Glenio Seixas assinou expediente para a aquisição do equipamento

Preocupado com crescente número de casos de coronavírus em Barreirinha (Distante a 331 km de Manaus) e pretendendo atender a necessidade no abastecimento de oxigênio medicinal (O2) para o Hospital Coriolano Lindoso, o prefeito Glenio Seixas tomou a decisão de comprar uma Usina de Oxigênio para a unidade que recebe pacientes com Covid-19.

A Dispensa de Licitação (008/2021 – CPL/PMB), foi divulgada na edição de quarta-feira (3) do Diário Oficial dos Municípios. De acordo com prefeito, essa usina será comprada em Curitiba (PR). Seixas afirma que fará o possivel para o equipamento chegue o mais rápido possível a Barreirinha.

“Pelo momento difícil e que pode se tornar ainda mais complexo com o avanço dos casos de coronavírus, estamos correndo contra o tempo para disponibilizar esse equipamento produtor de oxigênio para a nossa Unidade Hospitalar. Em mais alguns dias estarei visitando a fábrica para ajustar detalhes de logística para que essa usina seja montada e esteja em funcionamento o mais rápido possível, vamos emitir documento solicitando apoio da FAB para conduzir o equipamento até Barreirinha” , frisou o prefeito.

você pode gostar também