-Publi-A-

Bebê indiana que tinha cabeça extra no estômago é operada

Uma bebê nasceu com a cabeça da irmã ligada ao próprio estômago na Índia. Em uma cirurgia que durou cerca de quatro horas, os médicos conseguiram remover a parte do corpo da gêmea, que – apesar de não ser completamente desenvolvida – agia como um parasita, absorvendo nutrientes do sangue necessários para o crescimento da pequena paciente.

O procedimento cirúrgico foi realizado no último dia 26, no JK Lone Hospital, em Jaiapur, e foi considerado um sucesso. A menina, que também nasceu com uma terceira mão, se recupera bem.

Chefe da pediatria do hospital, Dr. Pravin Mathur não deu informações sobre alta hospitalar, mas contou que a recém-nascida estava unida pelo tórax com a irmã que não se desenvolveu.

A mãe tem 21 anos garantiu ter participado de exames de rotina, mas não ter sido informada que daria à luz uma bebê não desenvolvida, além da que estava completamente formada. O pai é um fazendeiro de 24 anos.

“Eles ficaram devastados quando viram o bebê”, contou o médico ao India News. A gravidez parasita acontece, segundo Dr. Pravin Mathur, quando um dos embriões não se separa apropriadamente. Fenômeno ocorre em 1 a cada 1 milhão de nascimentos.

Do NPM

 

você pode gostar também