Bi Garcia afirma que avanço da vacinação é importante para fazer a economia girar

Foto: Yuri Pinheiro.

Gilson Almeida | 24 Horas
[email protected]

A pandemia da Covid-19 causou uma crise sanitária que tirou mais de 5 milhões de vidas em todo o mundo assim como gerou uma crise financeira em todo o planeta. Os índices da Covid-19 caíram drasticamente após a vacinação contra esse vírus. O prefeito de Parintins, Bi Garcia, afirma que a imunização da população é de fundamental importância tanto para salvar vidas quanto para fazer a economia girar.

Os índices da Covid-19 no munício diminuíram significativamente que o Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus retirou o toque de recolher e eventos públicos e particulares foram permitidos desde que sejam obedecidos os protocolos de segurança dos órgãos de saúde e seja exigido a carteira de vacinação com as duas doses ou dose única. Em Parintins o uso de máscara continua sendo obrigatório.

As últimas festas na Ilha Tupinambarana que teve grande presença de público foram o aniversário da cidade realizada dia 15 de outubro na Praça Cristo Redentor, a festa de aniversário de 108 anos do Boi Caprichoso que ocorreu dia 30 de outubro no Curral Zeca Xibelão, a festa de lançamento do tema para o festival folclórico de 2022 do Boi Garantido realizada dia 12 de novembro no Curral Lindolfo Monteverde e o show da banda Barões da Pisadinha que aconteceu no sábado (13 de novembro) no Bumbódromo. Ambas as festas tiveram a barreira da Vigilância em Saúde checando a carteira de vacinação para a entrada do público e os eventos reuniram milhares de pessoas vacinadas contra a Covid-19.

“Nós precisamos ter a cautela e a segurança sanitária e muito mais do que isso, permitir que aconteça os grandes eventos culturais para que a gente possa gerar emprego, oportunidade de trabalho e consequentemente melhorar a qualidade de vida do povo de Parintins. Muita gente perdeu o emprego na pandemia e agora está tendo a oportunidade de recuperar esse tempo perdido com a realização desses grandes eventos. Muita gente é trabalhadora ambulante e que vivem das festas e, portanto, tem que ter o apoio da prefeitura para que se possa fazer esses grandes eventos”, disse o prefeito Bi Garcia.

Bi Garcia disse ainda que a prefeitura realizará a festa de réveillon da cidade e está trabalhando para que o Município possa contratar bandas e fazer a virada de ano da esperança da realização do festival folclórico que está há dois anos sem acontecer por causa da pandemia e da recuperação da saúde dos parintinenses de forma que todos estejam vacinados. “Para se ter uma ideia não estamos mais trabalhando com 50% de lotação de espaços abertos e estamos muito fortes na exigência da carteira de vacinação. Portanto a população precisa continuar se vacinando. Quem não tomou a segunda dose que tome, quem não tomou a primeira dose que procure os postos de saúde para tomar a primeira e segunda dose, a faixa etária que pode tomar a terceira dose que busque tomar também. Só assim nós vamos ter a segurança sanitária para a realização do próximo festival”, destaca o prefeito.

Conforme o vacinômetro publicado pela prefeitura na quinta-feira (11), o mais recente, o município aplicou no total 73.852 vacinas da primeira dose (que corresponde a 94,4% da população vacinável), 56.679 da segunda dose (que corresponde a 71,3% da população vacinável) e 3.787 da terceira dose (que corresponde a 4,8% da população vacinável).

você pode gostar também