-Publi-A-

Bi Garcia revela que teve depressão devido a pandemia da Covid-19

Foto: Yuri Pinheiro.

Eldiney Alcântara | 24 Horas
[email protected]

A pandemia do novo coronavírus contribuiu significativamente para o aumento da depressão no mundo. Em Parintins, neste final de semana, durante o programa Parintins em Revista, na Rádio Clube, o prefeito Bi Garcia revelou que teve depressão em momentos difíceis que o município passou.

Bi Garcia dava entrevista sobre as ações do município de combate à Covid-19 quando começou a falar de momentos difíceis e do trabalho do poder público em promover medidas de combate. Após uns minutos falando, Bi Garcia silenciou. O silêncio foi quebrado pela voz do apresentador que percebeu a emoção do entrevistado e comunicou que Bi Garcia chorava no estúdio.

“Sabe aquela coisa que parece que você quer se esconder no quarto?”, explicou Bi Garcia, ao falar do momento depressivo que viveu. O cenário pandêmico em Parintins foi a principal causa para a depressão do executivo municipal. O município apresentou uma das piores estatísticas da doença no Amazonas.

“Eu sentia que eu estava muito para baixo, um pensamento muito ruim e me peguei muito a Deus”, disse Bi Garcia ao apontar as medidas tomadas para sair de momentos depressivos. Ele apontou a esposa Mayra Dias e o filho Gael Garcia como pessoas importantes no processo de cura.

O prefeito também destacou as críticas e ataques que vem sofrendo. Ele diz entender as reclamações de pessoas que perderam parentes para o vírus, mas afirma que o município vem fazendo o possível para salvar o maior número de vidas possíveis. “Lamentavelmente nós não vamos conseguir salvar todos, nós estamos lutando. O hospital está funcionando com uma equipe gigantesca de profissionais para que a gente salve o máximo de vidas”, afirmou.

Sobre críticas ao governo, Bi Garcia afirma que os ataques são decorrentes de interesses políticos, mas que isso não afeta seu trabalho. Para ele, o que mais o abala é não conseguir salvar todo mundo. “As vezes quando fico triste fico para baixo, não é nem tanto pelas críticas, é pelo sentimento de impotência pra salvar vidas”, revela.

Para fugir da depressão, Bi Garcia informou que mantém uma rotina de trabalho focada em solucionar os problemas da cidade, em especial, relacionados à Covid-19 e exercícios para manter a saúde. “Eu procuro fazer atividades físicas para superar momentos difíceis de tristeza, depressão”, concluiu.

De acordo com a professora titular de epidemiologia da FCM-Unicamp (Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas), Marilisa Barros, 40% dos brasileiros sentiram tristeza ou depressão na pandemia. O estudo foi publicado na revista Veja (Saúde) e explanou sobre a “Depressão, saúde mental e pandemia”.

você pode gostar também