-Publi-A-

Boatos sobre abuso sexual contra criança faz homens quase serem linchados em Parintins

Gilson Almeida | 24 Horas
[email protected]

Após serem espalhados nos aplicativos de conversas boatos de um suposto abuso sexual contra uma criança de sete anos que estava desaparecida, três homens que foram acusados injustamente do suposto crime foram capturados e quase linchados por populares na manhã de segunda-feira (07), nas margens do rio, na ocupação do Castanhal, em Parintins. A revolta dos populares foi tanta que eles atearam fogo na embarcação onde os três homens estavam. A Polícia Militar interviu e conduziu os homens para a 3ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP). De acordo com o delegado Adilson Cunha, a criança foi encontrada, conduzida ao hospital e passou por exame de conjunção carnal em que não foi constado a violência sexual. Diante disso, os três homens foram ouvidos e liberados.

Desde as primeiras horas de segunda estava circulando nas redes sociais informações e até áudios de que a criança havia saído para comprar pão e não tinha retornado para a casa. Horas depois a criança foi encontrada no banheiro da residência da família.

Um familiar do trio também chegou a ser agredido em outro local da cidade por outro grupo e ficou gravemente ferido. Ele está internado no Hospital Padre Colombo.

Adilson Cunha informou que a polícia continuará investigando o caso. “Continuaremos verificando o caso, mas a princípio nada confirmado com relação aos abusos”.

você pode gostar também