Boi Caprichoso contribui com abrigo municipal infantil

A ação é coordenada pela primeira-dama Lígia Araújo Lobato que visita o local regulamente

Foto: Arleison Cruz.

As ações do Caprichoso vão muito além do projeto boi de arena. O bumbá está nas ruas, com idosos, com mulheres, com crianças, ao lado de todos. O boi negro de Parintins constrói uma linda história social com a Escola de Arte Irmão Miguel de Pascalle, com as atividades da Tarde Alegre Infantil e desde de 2019 tem sido parceiro do Serviço de Acolhimento Institucional para Criança e Adolescente (Saica).

A ação tem atuação voluntária da primeira-dama do Boi Caprichoso, Ligia Araujo Lobato, que desde quando conheceu o abrigo sempre contribui de várias formas com as crianças e com os funcionários. Na tarde desta segunda-feira (06/07) Ligia Araújo esteve na casa acompanhada do presidente do Conselho de Arte Ericky Nakanome, onde fizeram a doação de cestas básicas e conheceram algumas das crianças que moram no lugar.

Como algumas das crianças foram resgatadas pelas entidades de apoio aos direitos da criança e do adolescente e viviam em situação de vulnerabilidade social o lugar não pode ter seu endereço divulgado.

Durante a conversa com as coordenadoras e funcionárias, Ligia Araújo se emocionou bastante e colocou o social do bumbá sempre a disposição para contribuir como já ocorria antes da pandemia da covid-19. “Já fizemos ações de homenagem para as crianças aqui até com a participação do boi contrário, pois contribuir com quem está aqui independe de cor”, frisou.

“Vocês são as mães dessas crianças, pois é a mãe que dá o remédio, a mãe que põe na cama para dormir, a mãe que dá alimento todos os dias e aqui fica o nosso carinho com todas vocês”, falou Ligia emocionada ao receber o abraço das cuidadoras.

O Boi Caprichoso pretende fazer um dia de recreação para crianças do Saica no mês de outubro, mês dedicado a elas e ao Boi Caprichoso.

você pode gostar também