-Publi-A-

Boi Caprichoso entrega cestas básicas para músicos, vigias e coreógrafos

Novas remessas devem atingir outros colaboradores do bumbá

Foto: Pedro Coelho.

Com a pademia do novo coronavírus e, consequentemente, a não realização do Festival Folclórico de Parintins, vários setores do Boi Caprichoso ficaram sem trabalho, sem dinheiro e até sem o que comer. O presidente Jender Lobato e a diretoria tem buscado parcerias e colaboradores que diariamente contribuem com doação de alimentos. Uma campanha de arrecadação está em curso para contribuir com as famílias necessitadas e que sempre foram dedicadas ao boi azul.

Esta semana, os alimentos foram entregues para vigias, músicos e coreógrafos do bumbá. “Eu recebi a mensagem de um músico dizendo que o almoço dele tinha sido apenas um ovo e aquilo ali me deixou muito triste. E essas cestas básicas infelizmente não são suficientes para todo nosso povo. Então a gente vai tentar novamente em Manaus buscar parceiros que possam nos ajudar a atender toda a demanda”, explica o dirigente do boi negro de Parintins.

Astrogildo Ferreira é um dos vigias do Curral Zeca Xibelão. Ele foi um dos contemplados com cesta básica e assegura o esforço do presidente Jender Lobato em realizar ações que possam amenizar o sofrimento dos trabalhadores do Boi Caprichoso. “Ele tem se esforçado para manter nosso salário em dia, depois de muitos anos as férias são pagas e também nos ajuda com alimentos. Coma ajuda Deus a gente espera que futuramente as coisas melhorem”, destaca.

Campanha

O Boi Caprichoso mantém a campanha de doação de alimentos para contribuir principalmente com os artistas do espetáculo que estão sem trabalho. Para doar as pessoas podem fazer por meio de transferência via Pix (Pix para doação: (92) 984408149) com a doação de qualquer valor e envie o comprovante da doação para o contato: (92) 984408149.

As doações podem ser entregues também nos endereços Rua Cordovil n° 278, Centro, em Parintins na casa de Kamila Reis e Avenida Constantino Nery n° 2230, Chapada, Manaus no Bar do Lourinho.

você pode gostar também