Boi Corre Campo realiza programação alusiva aos 80 anos do Bumbá

No dia primeiro de maio, a Associação Folclórica Cultural Boi Bumbá Corre Campo, conhecida como “Gigante Sagrado do Folclore Amazonense”, comemora 80 anos de fundação. E para dar início às comemorações a agremiação preparou um grande calendário como marco da data comemorativa.

As celebrações tiveram início no ano passado com o lançamento do selo comemorativo dos 80 anos, ocorrido em outubro de 2021. Elaborado sob o mapa do Brasil, que é o símbolo do Boi Bumbá Corre Campo, e marca a trajetória cultural percorrida desde a sua fundação em 1942, por jovens negros do bairro Cachoeirinha.

Outra atividade que faz parte do calendário do Corre Campo é a realização do ‘Circuito Festivais da Cidade’, iniciado no último final de semana. O projeto vai acontecer em diversos bairros da cidade de Manaus, até o dia 30 deste mês.

Segundo o presidente da agremiação, Alvacir Siqueira, essa comemoração terá um gosto especial, já que estamos em processo de retomada de grandes eventos.

“Poder celebrar essa grande data, juntamente com o nosso público e a comunidade será muito gratificante para nós. Estamos felizes em celebrar os 80 anos de uma agremiação que cresceu e ganhou respeito, não só do público, mas também dos gestores oficiais de cultura”, disse o presidente.

 

Itens oficiais

A apresentação dos nomes de artistas que vão defender itens oficiais do bumbá na disputa do Festival Folclórico do Amazonas em 2022, também estão inseridos na programação celebrativa e deverão ser anunciados até o dia da festa de aniversário.

Serão apresentadas as mudanças para os itens femininos Cunhã-Poranga e Porta Estandarte. Já na ala masculina, serão anunciados o Apresentador e o Amo do Boi.

Após a apresentação dos itens, o tema que vai nortear a apresentação da agremiação na busca pelo título de 2022, será apresentado dentro da programação do curral, que este ano será realizada com 12 ensaios, até o dia da apresentação oficial no “Festão do Povo”.

A programação do bumbá também terá a terceira edição do ‘Arraial do Corre Campo’, com diversas apresentações de danças folclóricas e com uma apresentação especial do boi. Para encerrar as festividades, a tradicional Feijoada Gigante do Sagrado, que apresentará durante o evento outras novidades.

 

Fundação

 

O Corre Campo foi fundado em maio de 1942, no bairro Cachoeirinha. Apesar das dificuldades, que provocaram o desaparecimento famosos bumbás da época, os jovens Astrogildo dos Santos (Tó), Wandiguaromiro dos Santos (Miro), Antônio da Silva (Pelica), Dionízio Gomes (Tucuxi) e Mauro Cruz (Ceará) resolveram entrar na brincadeira, e decidiram seguir com o sonho de botar o boi na rua.

A agremiação é a mais antiga em atividade no folclore de Manaus, sendo a maior vencedora do Festival Folclórico do Amazonas, evento que possui mais de 60 edições.

Atualmente, o bumbá é tetracampeão, e em 2022 busca o quinto título consecutivo, feito já realizado em 1991.

você pode gostar também
..