-Publi-A-

Brasileiro Esquiva Falcão treina nos EUA para enfrentar russo Artur Akavov

O próximo combate do pugilista brasileiro Esquiva Falcão está marcado para 20 de fevereiro. O adversário será o russo Artur Akavov, que tem 23 lutas na carreira (com 20 vitórias, sendo nove por nocaute). A luta, na categoria dos médios, será em Las Vegas (Estados Unidos), com todo o protocolo de segurança contra o novo coronavírus (covid-19) exigido pelas autoridades locais.

Para chegar bem ao combate, o medalhista de prata nos Jogos de Londres (2012), que tem um cartel de 27 lutas e 27 vitórias (sendo 19 por nocaute) no boxe profissional, segue com treinos intensivos em Riverside (Estados Unidos). A preparação segue intensa, com uma rotina de dois treinos diários, incluindo atividades aeróbicas e de musculação. O atleta está próximo de alcançar o peso para o combate, que será no máximo combinado de 162 libras (73,48 kg).

“Está sendo muito puxado, muito bom! Porque meu adversário é o melhor até hoje no profissional. Ele lutou duas vezes pelo título mundial do peso médio na Organização Mundial. Perdeu em 2016 para o inglês Billy Joe Saunders e, em 2019, para o americano Demetrius Andrade. Acredito que vai ser uma boa luta, estou preparando muito bem! Meu adversário teve chances de cinturão mundial e agora é a minha vez. Então acredito que uma vitória por nocaute vai me deixar bem próximo do meu objetivo”, declarou Esquiva Falcão em nota divulgada por sua assessoria.

Com informações da Agência Brasil

você pode gostar também