Cacique da etnia Mura é assassinado no bairro Nova Cidade em Manaus

O cacique da etnia Mura Willian Machado Alencar, 42, mais conhecido como Onça Preta, foi morto, na tarde desta quinta-feira (13), na área conhecida como Invasão dos Índios, bairro Nova Cidade, Zona Norte de Manaus. A motivação seria uma disputa de território entre as facções criminosas Família do Norte (FDN) e Comando Vermelho, que querem expulsar os índios do local.

Segundo informações de um índio Caiapó que estava no local, eles se caracterizavam para irem a uma audiência na Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM), na Zona Centro-Sul de Manaus. Por volta das 15h, um homem veio em um carro branco, encontrou o cacique Mura e o cacique Caiapó sentados em frente a uma casa. Ele pediu água e enquanto o Caiapó se levantou, o homem disparou sete vezes contra o Cacique Mura.

Willian ainda foi levado por populares ao Serviço de Pronto Atendimento (SPA) da Galiléia, no bairro Nova Cidade, Zona Norte, mas morreu no local.

Segundo informações dos indígenas, a motivação do crime seria uma disputa por território na Invasão dos Índios, local que fica um sítio arqueológico e terra pertence aos indígenas. Como nas invasões próximas o tráfico é muito forte, os traficantes da FDN e do Comando Vermelho teriam interesse no território indígena. O cacique era um dos líderes da comunidade e havia expulsado o homem que veio a assassina-lo do local por ele ter envolvimento com o tráfico.

Os indígenas revelaram que por conta desse fato devem deixar a área nos próximos dias, pois temem mais mortes. O corpo foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML) e o caso vai ser investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Com informações do Acritica

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here