Candidatos negros são maioria nas eleições de 2020 no AM pela terceira vez consecutiva

Juntos, pretos e pardos somam mais de 7,8 mil candidatos negros.

Candidatos negros são maioria, de acordo com o Superior Tribunal Eleitoral (TSE) — Foto: TRE/MT

Pelo terceiro ano eleitoral consecutivo, no Amazonas, candidatos negros são maioria, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) coletados pelo G1 na terça-feira (28)

Os dados mostram que 7,806 mil candidatos são pardos e aproximadamente 411 são pretos. Juntos, pretos e pardos são considerados negros, segundo classificação utilizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Assim, as eleições de 2020 no Estado têm 8.214 candidatos negros, o que representa 80,44% de todos os concorrentes.

Outros 1,473 mil candidatos se autodeclaram brancos, o que representa 14,29% do total. Os dados mostram, ainda, que 489 candidatos se autodeclararam indígenas, ou seja, 6,26%.

Até a terça, 1,08%, ou 111 candidatos não informaram a raça, e outros 21, apenas 0,2% disseram ser de raça amarela.

Desde que o tribunal passou a coletar informações de raça, em 2014, esta é a terceira vez que negros representam a maioria das candidaturas no Amazonas. Nas últimas eleições municipais, em 2016, por exemplo, 15,52% dos candidatos eram brancos e 79,06% eram negros.

Nas eleições de 2018, em todo o Estado, 68,54% dos concorrentes eram negros e 46,6% eram negros e 29,01% eram brancos.

Raça em relação ao cargo disputado

De um total de 282 candidatos ao cargo de prefeito em todo o Amazonas, 85 se autodeclararam brancos, ou seja, 5,77%Dos 283 confirmados na disputa para vice-prefeito, 69 se autodeclararam brancos e 194 são pardos ou pretos.

Para o cargo de vereador, que possui a maior quantidade de candidatos à disputa, dos 9,743 mil concorrentes em todo o Estado, 7,832 mil são pretos e 1,319 mil são brancos.

Com informações do g1

você pode gostar também