Caprichoso apresenta espetáculo de resistência cultural na Live Parintins 2021

Na vanguarda do Festival Folclórico de Parintins, o bumbá revoluciona o formato de apresentação online e defende temática específica para o evento

Foto: Pedro Coelho.

O Boi Caprichoso entra no Bumbódromo para fazer história neste sábado (26/06), na Live Parintins 2021. O bumbá, na vanguarda do Festival Folclórico de Parintins, revoluciona o formato de apresentação online e leva para a arena a temática “Caprichoso: Cultura que Resiste”, em referência as duas temporadas cujas atividades artísticas foram paralisadas, em virtude da pandemia da Covid-19, e as demais intempéries da lida cabocla. O espetáculo também enfatiza o impacto da maior enchente já registrada em Parintins, a qual atingiu de forma direta e com maior intensidade as áreas populacionais do reduto tradicional azul e branco.

Marcada para iniciar às 20h e 30min (Horário de Manaus), a apresentação do Boi Caprichoso segue uma dinâmica que parte da exaltação da fé do caboclo, mergulha na tradição azul e viaja nos contos e narrativas da Amazônia. Segundo o presidente do Conselho de Arte, Ericky Nakanome, o espetáculo demonstra a resistência dos povos da floresta em um cenário ainda desafiador para a arte.

“Nós resistimos durante dois anos com a pandemia e os trabalhadores da cultura ainda sentem o impacto de ficar sem sua única fonte de renda. Neste período perdemos baluartes, compositores, cantores, artistas e famílias tradicionais que foram completamente destruídas. Resistimos ainda a uma grande enchente, na qual vimos nosso povo da Francesa, Santa Rita, Palmares e Santa Clara encarar dias difíceis com as casas completamente submersas”, enfatiza.

O Caprichoso trabalha com ideia de compactar três noites de festival em uma só, com uma estrutura gigantesca de alegorias e uma riqueza inédita de figurinos. De acordo com o presidente do bumbá, Jender Lobato, o Caprichoso encara esta transmissão como se fosse uma disputa de festival. “Nós estamos muito focados em mostrar o melhor que temos dentro dos nossos galpões, com materiais que ilustram muito bem a qualidade do artista parintinense, com o padrão de arena do Bumbódromo”, destaca.

Elenco e espetáculo

Todos os itens do festival (individuais e coletivos) estarão representados na arena, mas com o elenco reduzido em virtude dos protocolos sanitários. O diretor artístico do Caprichoso, Edwan Oliveira, explica que o espetáculo alinha um padrão de qualidade técnico, artístico e emocionante.

“Estamos todos entrosados e aguardando a hora de mostrar tudo aquilo que ensaiamos. É claro que se trata de uma festa diferente, na qual tivemos que nos adaptar ao número de brincantes e por mais que seja um festival simbólico, o evento reacende nosso sentimento maior, que é o Boi Caprichoso. Tenho certeza que o Brasil e o mundo vão se emocionar com tudo”, ressalta.

A apresentação do bumbá reúne mais de vinte módulos alegóricos, com dimensões que reforçam a grandiosidade do espetáculo. O ritual indígena, por exemplo, possui 40 metros de boca de cena. “Compactar três noites em uma só não foi difícil, o mais desafiador foi compactar tanto sentimento numa única noite”, explica Nakanome.

A Live Parintins 2021 marca a estreia do novo levantador de toadas do Boi Caprichoso, Patrick Araújo. O artista foi um dos destaques do ensaio geral realizado na noite desta sexta-feira (25/06), ao demonstrar muita segurança. O artista explica que mantém-se concentrado para desempenhar um papel primoroso durante o evento. “A expectativa é a melhor possível. Eu vivo o momento mais especial da minha vida e me sinto honrado de receber a confiança da diretoria e de toda nação azul e branca”, expressa.

O repertório musical azul e branco envolve obras antológicas que remetem aos anos 90, no auge de Arlindo Jr (In Memoriam), o Pop da Selva, e apresenta também toadas contemporâneas que fazem a trilha sonora do espetáculo na arena. A transmissão da festa é feita pela TV A Crítica, emissora que detém o direito das imagens do Festival Folclórico de Parintins.

você pode gostar também