-Publi-A-

Caprichoso conquista certidões negativas e pode firmar convênios com o poder público

O presidente da associação, Babá Tupinambá, reafirmou compromisso quanto às obrigações fiscais, trabalhistas e previdenciárias. Foto: Glenda Dinely

Hoje é um dia histórico para o Caprichoso. Há dois anos o bumbá estava impedido de firmar convênios ou receber recursos das esferas municipal, estadual e federal. Hoje o presidente do Caprichoso, Babá Tupinambá, reuniu o contador Márcio Ribeiro e os conselheiros fiscais Flávio Cardoso, Juvan Medeiros e Gracildo Azedo, o Batoré, para anunciar que conseguiu a liberação de todas as certidões negativas necessárias para que a associação esteja apta a firmar convênios e receber recursos do poder público.

Em pronunciamento na página oficial do Boi Caprichoso, o dirigente azulado, os conselheiros e o contador da agremiação informaram que foram expedidas as certidões negativas da Receita Federal, Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz) e Prefeitura Municipal de Parintins. “As certidões confirmam o compromisso de nossa administração em manter as melhores práticas administrativas”, afirma o dirigente azulado.

Flávio Cardoso e Julvan Medeiros destacaram a dedicação do presidente em conquistar mais esse momento importante para o Boi Caprichoso, que passa a ter “o nome limpo na praça”.

Para Márcio Ribeiro essa é uma conquista histórica, pois a atual diretoria consegue comprovar a quitação e a pontualidade das obrigações fiscais, trabalhistas e previdenciárias. “Hoje é uma data muito importante porque a Associação depois de muito tempo tem todas as certidões negativas e a partir de agora está apta a fazer convênios para receber recursos”, assegurou.

Da Acritica

você pode gostar também