-Publi-A-

Caprichoso recebe tribo Munduruku no curral Zeca Xibelão neste sábado

O Boi-Bumbá Caprichoso abre as porteiras do curral Zeca Xibelão para celebrar a tribo verdadeira do festival de Juruti, Munduruku, em ensaio show na noite de sábado, 02, para domingo, 03. A campeã do festribal de Juruti compõe o elenco de tribos do projeto “Sabedoria Popular: Uma Revolução Ancestral” e fará um evento especial para a galera azulada. Apresentador, índia guerreira, pajé e guardiã tribal são os itens da Tribo Munduruku que farão um espetáculo no palco do curral do Caprichoso.

A festa para a tribo é uma celebração de uma das grandes manifestações populares da Amazônia, nascida sob a influência do festival de Parintins, especialmente o Boi Caprichoso. “A Tribo Munduruku de Juruti é a pioneira do festribal e surgiu em consequência do Boi Caprichoso. Na gênese Munduruku, as primeiras duas canções que tribo se apresentou nos anos de 1993 e 1994 são Yamã e consequentemente Mundurucânia, ambas do compositor Ronaldo Barbosa”, revela o conselheiro de artes, Edwander Batista.

O evento organizado pela diretoria do Caprichoso é considerado muito significativo pelo presidente Babá Tupinambá para a coordenação do espetáculo de arena 2018, pois será uma demonstração do que o boi prepara dentro do projeto do bicampeonato. Para Edwander Batista, que é membro da família fundadora da Tribo Munduruku, celebrar essa parceria do Boi-Bumbá Caprichoso com a cultura do Estado do Pará é uma honra, ainda mais por se tratar do maior festival de tribos do Brasil.

você pode gostar também