Caprichoso reencontra sua galera, brinca na chuva e emociona multidão

“O Boi-Bumbá Caprichoso dará muito orgulho até a festa da vitória no dia 27 de junho”. Essa foi a declaração do presidente Jender Lobato durante o ensaio show que se transformou em uma grande festa com a nação azul e branca em massa no curral Zeca Xibelão, coroada pela chuva na apoteose com todos os itens já na madrugada deste domingo (20/03).

O evento marcou a volta da temporada do Boi Caprichoso para a disputa do 55º Festival Folclórico de Parintins, após dois anos de paralisação por conta da pandemia da Covid-19. O espetáculo “Amazônia, Nossa Luta em Poesia” começou com toadas clássicas como a “Chegada do Meu Boi” cantada por Júnior Paulain, por volta das 23h.

A festa teve a estreia do apresentador oficial substituto, Marcos Felipe, e a trilha sonora foi interpretada pelo levantador de toadas, Patrick Araújo, ao longo de mais de duas horas. No início, Jender Lobato saudou a nação azul e branca que lotou o curral Zeca Xibelão, onde anunciou Márcio Cardoso como mestre da Marujada de Guerra.

A nação azul e branca ovacionou a evolução da Cunhã-Poranga, Marciele Albuquerque, que recebeu homenagem da diretoria representada por mulheres símbolos do Boi Caprichoso. Passaram pelo palco a Sinhazinha da Fazenda, Valentina Cid, a Rainha do Folclore, Cleise Simas, a Porta-Estandarte, Marcela Marialva, e o pajé, Erick Beltrão.

As coreografias ficaram por conta dos grupos Corpo de Dança Caprichoso (CDC) e Troup Caprichoso. Jender ressaltou que a festa foi uma demonstração da força do bumbá para conquistar o título em 2022. “O Caprichoso nos orgulha muito. Nós temos a felicidade de ser torcedor do melhor boi que existe no planeta terra”, frisou.

“Estamos todos irmanados em um sentimento de fazer a maior temporada que a nação azul e branca já viu. O que seria apenas o início de uma temporada se tornou a maior demonstração de amor pelo boi. Eu nunca vi o curral Zeca Xibelão lotado no começo de um ensaio. Meu sentimento é de gratidão em primeiro lugar a Deus”, disse o presidente.

Para o compositor Adriano Aguiar, voltar ao curral Zeca Xibelão e sentir a energia da galera azulada cantando as toadas é um sentimento gratificante, por todos estarem com saúde. “Hoje é a noite do reencontro do Caprichoso com o torcedor e a Marujada de Guerra. É dada a largada oficial para a busca do título 2022 com o retorno do nosso festival”, afirmou. 

O ex-apresentador Júnior Paulain se emocionou ao abrir o espetáculo para a nação azul e branca em uma noite épica. “É uma alegria cantar aqui com a galera e o curral lotado, depois de dois anos da pandemia. Fico muito feliz em ser bem recebido aqui na ‘minha casa’. É um prazer muito grande voltar ao curral e cantar para essa galera apaixonada”, descreveu. 

 

você pode gostar também
..