Caprichoso vai solucionar juridicamente dívida de 2009 e 2010 com credora

Foto: Katiuscia Assis

Katiuscia Assis | 24 Horas

[email protected]

O processo judicial em que a empresa de estamparia Equilíbrio, com sede em Manaus, cobra uma dívida de R$ 256 mil do Boi Caprichoso passa a ser de responsabilidade do assessor jurídico do bumbá, Rodrigo Porto, a partir desta quinta-feira, (15/08). O advogado da associação cultural assumiu a ação judicial, com a missão de solucionar o problema jurídico.

A dívida não foi constituída na administração do presidente Babá Tupinambá e vice-presidente Jender Lobato, no biênio 2017/2019. O processo judicial corre na 8ª Vara Cível da Comarca de Manaus desde o ano de 2016. O débito do Boi Caprichoso com a empresa Equilíbrio teve origem nos anos de 2009 e 2010, por prestação de serviços de estamparia.

O advogado do Boi Caprichoso agora responsável pelo processo analisa os autos do processo para decidir a medida judicial mais apropriada para solucionar o problema jurídico, com a possibilidade de firmar um acordo com a empresa. Hoje, a cobrança totaliza R$ 484 mil, em valores atualizados, de acordo com memória de cálculo da credora.

você pode gostar também