-Publi-A-

Carbrás deve anunciar hoje que não será candidato

Aliados de Carbrás afirmam que Omar Aziz negou autorização da homologação da candidatura do atual prefeito. Foto: reprodução.

Retirada – O prefeito de Parintins Alexandre da Carbrás (PSD) deve anunciar hoje em coletiva de imprensa a retirada de sua candidatura à reeleição. De acordo com aliados, do executivo municipal que mantiveram contatos com a coluna, o senador Omar Aziz (PSD) anunciou que não homologará a candidatura do representante de seu partido em Parintins. Omar é presidente regional do partido e quer que Carbrás apoie o ex- prefeito Bi Garcia (PSDB). O atual prefeito tentou justificar a sua candidatura, mas teria sido reprendido pelo ex- governador com ameaça da retirada do partido das mãos dele.

Coletiva – A coordenadoria de comunicação da prefeitura de Parintins, por meio do Jornalista Márcio Costa, distribuiu na quinta-feira o comunicado da coletiva de imprensa na sede da prefeitura datado para esta segunda-feira ás 11h da manhã. No sábado uma nova nota com retificação do horário e local. A coletiva de imprensa do prefeito Alexandre da Carbrás será nesta segunda-feira, ás 10h da manhã no auditório do hotel Amazon River.

Caminhada – Ainda não se sabe como Carbrás deverá se comportar se não for candidato. Alguns candidatos a vereadores pelos partidos que hoje apoiam o atual prefeito afirmam que não aceitam caminhar com Bi Garcia. O PC do B por sua vez deverá trabalhar sozinho. Aziz, na analise dos “carbraszistas”, quer o PSD com o deputado Bi Garcia.

Calado – Entre os cabos eleitorais o clima é de oba, oba e já ganhou. Mas o deputado Estadual Bi Garcia (PSDB) se mantém calado sobre sua situação ele sabe que muitos acontecimentos podem mudar o cenário político na ilha Tupinambarana. Raposa esperta mantém um grupo de fiéis escudeiros para não desanimar a turma quando se fala do assunto inelegibilidade. Ele conseguiu na sexta-feira uma liminar que o mantém no páreo. Seu distanciamento de Arthur Neto (PSDB) e a possibilidade de Eduardo Braga (PMDB) assumir o governo são questões que podem gerar novos desdobramentos.

PMDB – Quando foi cogitada a união do PMDB de Márcia Baranda e PSDB de Bi Garcia em Parintins o clima não foi dos melhores para o grupo que derrotou o governador José Melo em Parintins. Baranda bateu o pé e não aceitou a junção. Determinada a não aceitar a aliança ela preparou a carta de desligamento da sigla. Sua candidatura foi mantida e terá como vice o professor Lázaro Teixeira.

Contatos com a coluna

email – [email protected]

Whatsaap – (092) 99173-9585

Facebook – www.facebook.com/parintins24hs

Twitter – @Parintins24hs

Instagram – @parintins_24hs

você pode gostar também