“Carbrás tem o prazer de enganar empresários”, dispara Chiquinho Vasconcelos

“Aqui eu fiz investimento, tenho Alvará de construção e fiz tudo como manda a lei”, Chiquinho Vasconcelos

O empresário Chiquinho Vasconcelos alega que está sendo perseguido politicamente.

Da Redação | Parintins 24 horas

[email protected]

Parintins – O empresário Chiquinho Vasconcelos após acompanhar o cumprimento da decisão judicial pela prefeitura de Parintins que demoliu o prédio que seria de sua propriedade na Avenida Paraíba, bairro Itaúna I, na manhã desta quinta-feira, 11, (ver matéria aqui https://www.parintins24hs.com.br/predio-do-empresario-chiquinho-vasconcelos-e-demolido-pela-prefeitura-veja-video/), disparou contra o prefeito Alexandre da Carbrás (PSD).

Ele afirmou que o prefeito havia conversado por telefone com há 20 dias e teriam iniciado negociação sobre o imóvel, mas foi surpreendido com a decisão judicial. “Carbrás tem o prazer de enganar empresários”, declarou alegado ser vitima de perseguição política.

Este galpão na avenida Paraíba foi demolido na manhã de ontem e seria de propriedade do empresário.
Este galpão na avenida Paraíba foi demolido na manhã de ontem e seria de propriedade do empresário.

Sem citar os valores do terreno disse que adquiriu o local há 8 anos, pagou corretamente e dentro da legalidade. “Eu não vou discutir a ordem judicial, pois é pra ser cumprida. Aqui eu fiz investimento, tenho Alvará de construção e fiz tudo como manda a lei. Ele (Carbrás) veio por perseguição e embargou”, esbravejou.

Vasconcelos afirma que a questão não deveria ir parar na justiça, mas resolvida de forma amigável. Ele não aceita o valor de R$ 125 mil reais como indenização, mas estaria aberto a negociações. Com a decisão da juíza Eline Paixão que deferiu o pedido de imissão de posse, o município de Parintins depositou em juízo o valor de R$ 125 mil pela da área.

Prefeito Alexandre da Carbrás (PSD).
Prefeito Alexandre da Carbrás (PSD).

Sobre as declarações que citam o prefeito Alexandre da Carbrás feitas pelo empresário Chiquinho Vasconcelos, o Parintins 24 horas tentou contato com administrador municipal, mas não obteve repostas.

A Secretária de Planejamento Eliane Melo explicou que o caso foi levado a justiça pelo fato de uma outra pessoa está reclamando a propriedade do imóvel além do empresário. Ela entende as reclamações como natural. “Eu acho que isso é uma causa natural. Ele se diz proprietário do imóvel, nós temos outra pessoa que também se diz proprietária do imóvel. Cabe à justiça decidir quem é o proprietário”, esclareceu.

Quanto a possível negociação do prefeito com o empresário Melo destacou que não houve nenhum tipo de conversa. “Quando não se tem a certeza da propriedade você precisa buscar na justiça o direito do proprietário. Cabe ao poder público indenizar seja lá quem for. Então mais uma vez eu digo a quem a justiça decidir receberá”, concluiu.

você pode gostar também