Casais que se conheceram no Parque do Idoso em Manaus falam sobre relacionamentos na terceira idade

Elsa e José revelam o desejo de celebrar casamento. Foto: Amanda Guimarães.

Acreditando que nunca é tarde para encontrar o amor, Elsa Magalhães, de 72 anos, começou a namorar José Severo,  71, há cinco anos, no Parque do Idoso, na zona centro-sul de Manaus. Passando por cima do preconceito por conta do relacionamento na terceira idade, neste domingo, no Dia dos Namorados,  os dois  revelam o desejo de firmar a relação com o casamento.

Elsa narra que começou a perceber as investidas de José quando faziam a mesma atividade, no parque, em 2011. Segundo ela, após contracenarem juntos em uma peça de teatro, uma amizade nasceu e   não demorou muito para eles se tornarem namorados.

“Olhava para ele sem interesse algum, pois estava sozinha há mais de 30 anos, quando me divorciei. Eu sempre fui uma pessoa que gostava de paquerar e ir para  festas, mas não me via morando novamente com outra pessoa. Agora, moramos juntos e os meus filhos tiveram uma ótima aceitação sobre esse assunto”, disse.

Romântico, José comenta que se apaixonou por Elsa antes mesmo de eles se conhecerem pessoalmente, em uma ‘visão’ que ele garante ter tido após  ficar viúvo.

“Era um momento de tristeza e perguntei para Deus o que seria da minha vida dali para frente. Naquele mesmo momento, tive uma visão de uma mulher, que estava com um turbante da Carmem Miranda, mas não era a artista. Era a Elsa, porque em uma peça de teatro ela representou a cantora”, contou, aos risos.

Elsa defende que a maturidade dos idosos contribui para um relacionamento estável. “Minha vida mudou depois que conheci ele porque agora fazemos tudo juntos”, disse, para logo ganhar uma declaração do amado. “No Dia dos Namorados, o meu desejo é ficar ao lado da Elsa, ao lado da família dela, porque agora ela faz parte de mim”, derreteu-se José.

Outro relacionamento iniciado no Parque do Idoso e que já dura cinco anos é o de Clóvis Amaral Machado, 72, e Lucinete Pessoa Rocha, 67. O namoro, baseado, segundo ele, na liberdade e confiança, vai ser comemorado em clima de romance, nesse 12 de junho. “Eu sei cozinhar. Já disse para ela que vamos comemorar juntos, porque o amor não escolhe em quem vai chegar”, disse.

Do d24

você pode gostar também