Casal escapa da morte, após naufrágio no Lago Cutipanã em Nhamundá

Um vídeo circula nas redes sociais, na noite desta quarta-feira, 03 de novembro, de um casal de ribeirinhos do município de Nhamundá (AM), que teria escapado de uma tragédia.

De acordo com as informações, o casal estava em um rabeta (embarcação muito conhecida e utilizada na região Amazônica), quando foi vítima de fortes banzeiros provocados por duas embarcações maiores.

Com a seca dos rios, nesta época do ano, o lago cutipanã fica estreito e todo cuidado se deve ter ao navegar próximo de embarcações menores. O casal teria perdido apenas bens materiais no naufrágio.

As embarcações de nome “Princesa Gabi e Tavares Jr”, estariam navegando em uma velocidade não permitida no local e os banzeiros teriam provocado o naufrágio do rabeta do casal de ribeirinhos que retornava para a comunidade de nome Bolívia.

Nas fotos, uma mulher aparece juntando as margens do lago cutipanã, o pouco que conseguiu salvar no naufrágio. Remédio, alimentos e outros bens materiais foram perdidos.

A mulher entrevistada  pede providencias e condena com veemência a atitude dos donos das embarcações que fogem ao limite da velocidade permitida e causam desespero aos ribeirinhos.

Com informações do Blog Ilha Tupinambarana

você pode gostar também