Chitara na Chapada homenageando Abdias se consagra campeã dos blocos irreverentes

Gilson Almeida | 24 Horas
[email protected]

Parintins (AM) – Chitara na Chapada se consagrou campeã dos blocos irreverentes do Carnailha 2020 homenageando o humorista Abdias, o Cabucão, com o enredo “Abdias o rei do humor e da alegria”. O bloco recebeu 199,95 pontos dos jurados. A apuração aconteceu na tarde desta terça-feira (25) na Avenida Paraíba.

O presidente da Chitara na Chapada, Jefferson Matos, agradeceu a diretoria, aos sócios, simpatizantes e patrocinadores pelo apoio que deram para o bloco fazer uma bela apresentação na avenida. “Agradeço a todos pelo empenho porque quando a gente perde claro que o objetivo maior é sempre buscar o melhor no ano seguinte e procuramos achar nos erros os acertos desse ano para manter o título na Chapada”, disse Jefferson.

Addias ficou eufórico com a vitória da Chitara e parabenizou Parintins de modo geral pela realização da noite dos blocos irreverentes do Carnailha 2020. “Nós arrastamos mais de 15 mil pessoas nessa avenida do samba. Então quando a Chitara chegou na entrada da avenida do samba ela mostrou para o que veio e veio para ser campeã com todo o trabalho do presidente Jefferson com a minha amiga vice-presidente Rita, de toda a diretoria e do povo da Chapada pois vamos lá pra Chapada levar o troféu de campeã”, falou Abdias.

Em 2° lugar houve empate entre dois blocos com 199,80 pontos, inclusive no critério de desempate do regulamento, comissão de frente. Os blocos que ficaram na segunda colocação foi Lagarto Salgado homenageando Paulo Roberto da Silva Pimentel, conhecido popularmente como Paulo Língua de Fogo e Entre Tapas e Beijos que apresentou o tema “A saga do folião no Carnailha”.

Invasão na Folia homenageando as irmãs Lamparinas Shontelle Tapajós, Valentina Brunelly e Priscilla Molinary, figuras ilustres no CarnaIlha, e Amor e Cana com o tema “Só Preservação” também ficaram empatados e ocuparam a terceira posição com 199,70 pontos.

14 veículos de comunicação votaram e elegeram como a melhor marchinha dos blocos irreverentes a do bloco Invasão na Folia com o enredo “Lamparininhas, as Iluminadas”.

Foto: Erick Bitencourt e Wesley Andrade

você pode gostar também