Cidade de Parintins está muito maltratada, observa juiz Aldemiro Dantas

Juiz Federal do Trabalho Aldemiro Rezende Dantas Júnior exercendo o direito pleno de cidadão que reside atualmente na Ilha de Parintins teceu uma observação na conta de rede social sobre o atual quadro de infraestrutura da cidade.

Para Aldemiro a cidade de Parintins está multo maltratada pelo poder público. O magistrado tem extensa experiência no serviço público e é autor dos livros Teoria dos Atos Próprios no Princípio da Boa-fé e O Direito de Vizinhança deixa claro não ter nenhuma motivação política para o poste. “ Não quero entrar nas brigas políticas daqui, mas não posso deixar de observar que, nesses seis anos que estou em Parintins, nunca vi a cidade tão maltratada quanto agora. A ilha encantada merece mais respeito”, escreveu Dantas na noite de quarta 8 de junho.

A postagem do juiz Aldemiro tem como imagem a Praça Digital Cristo Redentor que foi construída na administração Bi Garcia PSDB e Messias Cursino PDT  e foi interdita ano passado na gestão Alexandre da Carbrás PSD e Carmona Oliveira PMDB.

O internauta Rai Enyo concorda com a postagem do Juiz. “Infelizmente, Aldemiro, a cidade está entregue a Deus dará. O gestor público não pratica os atos que deveria (por exemplo, mudar o lixão lá perto da UEA para um lugar com tratamento), não faz as manutenções necessárias para manter a cidade e, ainda, quer mais $$$ de repasse sem contraprestação. E a população continua a sofrer por causa disso”.

Outro internauta Adriano Lopes ao comentar a postagem do juiz Aldemiro vai mais além. “Minha cidade está entregue às baratas. Tão maltratada, tão humilhada. Espero que meus conterrâneos escolham na próxima eleição um prefeito que não queira vingança, mas que trabalhe por Parintins”.

Ainda no comentário e foto da postagem no magistrado se observa o slogan propagada durante a campanha pelo prefeito Alexandre da Carbrás e vice Carmona Oliveira “Parintins Dos Nossos Sonhos”.

Aldemiro Rezende Dantas Júnior é graduado em engenharia e direito pela Universidade Federal do Amazonas, UFAM, e mestre e doutor em direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC. É professor no Instituto de Ensino Superior da Amazônia, IESA/FMF, na Escola Superior da Magistratura do Amazonas, ESMAM, e no Centro Universitário de Ensino Superior do Amazonas, CIESA.

Do ParintinsAmazonas

você pode gostar também