Colombiano é preso com drogas avaliadas em R$ 4 milhões

Segundo a polícia, o colombiano já tinha passagem pela polícia por tráfico de drogas e estava cumprindo pena no regime semiaberto, segundo a PC. Foto: Thiago Monteiro

A Polícia Civil apreendeu 345 quilos de maconha tipo ‘skunk’, que estavam armazenadas em 20 tubos de PVC, na casa de um colombiano Carlos Alberto Cactos da Silva, 41, no bairro Gilberto Mestrinho. A droga está avaliada em R$ 4 milhões. O homem foi preso e assumiu que distribuía a droga na capital, segundo o delegado Torquato Mozer, do 15º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

O delegado afirmou que, na tarde de ontem, policiais receberam uma denúncia anônima de que um carregamento de drogas estava chegando a Manaus, por meio de um porto. “Após investigações, encontramos a droga, que estava no quintal da casa. O Carlos estava sozinho e não reagiu a prisão”, afirmou o delegado Torquato Mozer.

Em depoimento, segundo a PC, Carlos assumiu a distribuição de maconha na capital, no lugar do colombiano Camilo Andrés Rodrigues Sanches, 34, preso pelo Denarc, com mais duas pessoas, no dia 7 de setembro de 2015. Com eles, foram apreendidos 108 kg de maconha.

“O Carlos era responsável pelo transporte e pela distribuição do skank em Manaus. A droga era da Colômbia e chegou em Manaus através de pequenas  embarcações”, disse o delegado Samir Freire, do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc).

O colombiano já tinha passagem pela polícia por tráfico de drogas e estava cumprindo pena no regime semiaberto, segundo a PC.

Ele foi autuado por tráfico de drogas e será encaminhado à Cadeia Pública.

Fonte: Dez Minutos

você pode gostar também