Coluna Esplanada

Poder, Política & Mercado

PSL com Bolsonaro

Quieto em seu apartamento em Piedade, no Recife, o deputado federal Luciano Bivar fumou o cachimbo da paz com Jair Bolsonaro. Em um telefonema do presidente da República, ficou acertado com o manda-chuva do PSL que o partido vai ajudar o Governo com os seus 53 votos na Câmara dos Deputados e também nas eleições municipais. Pragmático, Bivar entende que Bolsonaro tem a caneta por mais dois anos e meio e muitos cargos para o PSL. O outro tema foi um pedido feito para que o PSL não apoie a eventual candidatura de João Campos (PSB) à Prefeitura do Recife.

Poder na tela

Como o tempo de propaganda eleitoral é definido pela bancada eleita em 2018, o PSL terá o maior tempo de TV,  seguido do PT. O PSB precisa correr atrás de outros aliados.

Japa enquadrado

Newton Ishii, o ‘Japonês da Federal’, foi condenado pelo juiz federal Sergio Ruivo à perda do cargo e multa de R$ 200 mil, no processo da Operação Sucuri no qual foi alvo.

MDB vai junto

A possível nomeação do deputado Osmar Terra para o Ministério da Saúde passa pela enfermaria do MDB. Os doutores Michel Temer e Baleia Rossi têm que dar a alta.

Bloqueio

Veja a confusão que força o presidente Bolsonaro a um diálogo com o PSL de Bivar, para pacificar palanques locais. Daniel França é o dirigente do PSL do Piauí, marido da deputada federal Joice Hasselmann (SP), que rompeu com o Palácio. Foi Joice, quando às boas com o clã nacional, que emplacou França no diretório.

Canetada

Agora, o dirigente, na esteira do rompimento político de Joice, dificulta candidaturas de bolsonaristas filiados ao PSL local para prefeito e vereador. A choradeira chegou ao presidente. O ônus da pacificação está com Bivar, que topou trégua com Bolsonaro.

Linha muda

Bolsonaro reforça o tom ideológico de suas interfaces diplomáticas. Já telefonou nos últimos dois meses para a maioria dos presidentes da América do Sul, menos para Nicolás Maduro (Venezuela) e Alberto Fernández (Argentina). E nem vai.

Foram-se os anéis

Em Brasília, Eike Batista, o ex-todo poderoso que já teve três jatos intercontinentais, tem ficado em hotéis 3 estrelas. E não se importa de usar cama de solteiro.

Museu Nacional

É provável que o Governo faça grande festa em 2022 para reabrir o Museu Nacional na Quinta da Boa Vista, com bom acervo cedido, no bicentenário da independência.

Severino

Severino Cavalcanti, o ex-presidente da Câmara falecido ontem, teve seu papel na direita conservadora, lembram aliados: barrou projeto como o ‘casamento gay’, de Marta Suplicy, e a legalização do aborto. Mas morreu manchado pelo mensalinho.

Direitos (e deveres)

O conhecido advogado Mattar Assad enviou carta aberta ao STF em que pede restauração dos direitos profissionais do jornalista Oswaldo Eustáquio, alvo no inquérito de ataques à instituição. Eustáquio, declarado aliado de Bolsonaro, está sem telefones, computadores e proibido de acessar redes sociais.

Dirceu

O TCU ratificou a Câmara na aposentadoria do  ex-deputado José Dirceu. Ao contrário do que publicamos, ele tem direito a R$ 9.646,57 mensais.

Pisa-torto

A RJZ Cyrela quebrou a calçada em frente ao prédio Rio by Yoo, no Flamengo, Rio, e irritou moradores. Até cano furado já teve. Em nota, a construtora diz que revitaliza o gradil e manutenção da calçada, e tem licenças.

 ESPLANADEIRA

 # A construtora PaulOOctavio lançou o Residencial Jane Godoy, em frente ao Parque Olhos D’Água. Serão 48 apartamentos de 4 quartos, sendo 8 coberturas.

você pode gostar também