Com mistura de ritmos, P.A Chaves faz Live Solidária no próximo domingo

Pagode e Boi-Bumbá são dois dos ritmos que fazem parte do entretenimento do manauara. Pensando nisso, o cantor P.A Chaves decidiu unir esses dois gêneros no “PAGOBOI”, uma Live Solidária que será realizada no próximo domingo, dia 31 de maio, a partir das 16h, com transmissão através da página oficial do artista no Facebook (Paulo André Chaves) e no Youtube (youtube.com/pauloandrechaves). O objetivo do evento é arrecadar donativos aos músicos de boi-bumbá. 

Sucessos dos bois de Parintins, Caprichoso e Garantido, desde as toadas antológicas até as mais atuais, além de pagodes dos grupos que marcaram os anos 90, como Raça Negra, Só Pra Contrariar, Art Popular, entre outros, estarão no repertório do cantor. 

Durante este período de pandemia, em que a recomendação é de que todos se mantenham em casa, grande parte do entretenimento só está sendo possível através da internet. No último dia 25 de abril, P.A Chaves realizou sua primeira Live, a “Pré-Alvorada”, que fez um “esquenta” da ‘Alvorada do Garantido’, evento tradicional do boi da Baixa do São José, que acontece todo dia 1º de maio. 

Com esta live solidária, que terá um um formato mais intimista, o artista espera arrecadar donativos e assim poder ajudar outros colegas músicos que neste momento passam por certas dificuldades, além de levar alegria e música boa ao lar das pessoas, em tempos de distanciamento social. “Por ser artista da toada e gostar de pagode, vi nessa junção uma ótima opção para os amantes dos dois ritmos. E, assim, uma oportunidade de levar essa mistura para o lar dos amigos”, disse o cantor. As doações poderão ser feitas durante a transmissão. 

O artista – Paulo André Chaves tem 38 anos, é natural do Pará e mora em Manaus há 14 anos. Desde 2006, quando começou a fazer pequenas participações com a Batucada do Boi Garantido, vem alavancando sua carreira como artista de boi-bumbá. É idealizador do projeto Clube da Toada, espaço inaugurado em 2009 que reunia os “toadeiros” todos os domingos, e durou oito anos. 

Atualmente é artista do bumbá vermelho e branco e participa de grandes eventos do gênero na capital, como Carnaboi e Boi Manaus. O cantor também já fez diversas viagens para estados brasileiros e para o exterior, divulgando a cultura amazonense. 

você pode gostar também