-Publi-A-

Com onda de violência, Câmara Municipal de Parintins suspende expediente de trabalho

Foto: Arquivo Repórter Parintins.

Gilson Almeida | 24 Horas
[email protected]

Com a onda de violência que o município e todo o estado do Amazonas estão passando, a Câmara Municipal de Parintins suspendeu o expediente de trabalho desta segunda-feira (07). O anúncio foi dado através de um comunicado assinado pela presidente em exercício da Casa, a vereadora Vanessa Gonçalves (PP).

“A medida de segurança é para salvaguardar a vida de todos os parlamentares e servidores, em virtude dos atos de vandalismos ocorridos nesta cidade de Parintins, na capital do estado e em outros municípios do Amazonas”, diz trecho do comunicado.

Segundo a vereadora, os trabalhos estão sendo feitos em home office e a segurança na Câmara está sendo reforçada. “Vamos retornar as sessões amanhã, dia 08, mas estamos em home office juntamente com os funcionários. Alguns vereadores continuam com suas agendas nas comunidades rurais, outros estão na cidade acompanhando de perto essa situação. Nós queremos agradecer a compreensão de todos. Tivemos que tomar essas medidas por segurança e amanhã retornaremos com a sessão plenária”, informou.

Os atos de vandalismo estão ocorrendo desde a madrugada de domingo (06) em que membros de uma facção criminosa atearam fogo em escolas, ônibus e em uma viatura da polícia que estava na oficina. Na Vila Amazônia, zona rural de Parintins, os criminosos também tentaram incendiar a UBS Pe. Francisco Luppino e o ônibus da unidade. Os atos de vandalismo seguiram pela noite de domingo e pela madrugada desta segunda-feira em que tentaram incendiar os ônibus estacionados na Escola Estadual Tomaszinho Meirelles (GM3), na viatura da Polícia Civil e atearam fogo em um ônibus sucateado na usina de asfalto.

Como resposta, a Polícia Militar de Parintins deu início a Operação Saturação com o objetivo de inibir novos atos de vandalismo.

você pode gostar também