Comitê de Crise: Boi Caprichoso revela dívidas

O trabalho conclusivo do Comitê de Crise executado durante 90 dias no Boi-Bumbá Caprichoso, a partir do mês setembro, será apresentado aos sócios, em Assembleia Geral Ordinária, no curral Zeca Xibelão, na noite do dia 23 de dezembro. A nova diretoria também vai tratar sobre o Clube Caprichoso, Mensalidade dos Sócios, Orçamento Financeiro 2020, entre outras pautas.

O presidente da associação cultural, Jender Lobato, lançou edital de convocação dos associados, no dia 03 de dezembro. “Essa assembleia é de suma importância, porque desde quando assumimos a presidência do Caprichoso eu anunciei que nós montaríamos um comitê de crise, que fosse responsável pelo levantamento de todos os débitos do boi”, explica.

De acordo com o dirigente azulado, essa medida representa ‘um basta’, com a execução de um plano, para encarar os problemas enfrentados pelo boi, principalmente dívidas trabalhistas e com credores, para organizar administrativamente e financeiramente o Caprichoso. “A gente precisa pagar os débitos do nosso boi, sem deixar de fazer grandes apresentações”, declara.

Jender Lobato diz que a gestão atua com transparência com os sócios, torcedores e patrocinadores. “Os recursos, tanto da Lei de Incentivo à Cultura, quanto outros, são investidos no boi de arena. É isso que buscamos, um boi bonito, para encher os olhos dos amantes do festival. Ao mesmo tempo, não podemos deixar os débitos virarem ‘bola de neve’ e vamos, a cada ano, trabalhar para diminuir”, pontua.

Na assembleia, a diretoria vai apresentar a metodologia de trabalho para reduzir as dívidas e fazer um boi vencedor. “Vamos mostrar a realidade financeira do boi. Não vamos acabar os débitos do dia para a noite. É importante que se cumpra o plano montado para e que o próximo presidente do boi tenha preocupação não só com o boi de arena, mas com a parte administrativa”, complementa Jender.

você pode gostar também