Condução de andor gigante de Maria na Romaria das Águas emociona devotos

Dezenas de embarcações acompanharam o andor a imagem de Nossa Senhora do Carmo

Katiuscia Ferreira | 24 horas

[email protected]

Parintins (AM) – A paisagem do fim de tarde com o sol beijando o rio ganhou elementos novos na paisagem amazônica que todas as tarde contagia centenas de pessoas. O sol, rio e floresta ganharam barcos, cantos, gestos e muita emoção com a imagem da padroeira da Diocese de Parintins na homenagem feita por artistas parintinenses na romaria das águas que saiu da localidade conhecida como “boca do limão” até ao cais do porto da cidade.

Dezenas de embarcações acompanharam a balsa com a imagem gigante da virgem do Carmelo confeccionada por um grupo de artistas comandados por Juarez Lima. A dona de casa Júlia estava em uma das embarcações que participou da procissão fluvial e com o filho no colo se dirigiu do bairro de Palmares para seguir a romaria. “É a terceira vez que

venho prestigiar esse momento importante para o povo católico”, disse a devota. Com o escapulário nas mãos Luiza Costa Hatta afirmou que sempre acompanha a procissão fluvial. “É um privilegio acompanhar essa homenagem”, afirmou.

Com balões amarelos, caixas de som e fogos de artifícios os barcos estiveram no clima de uma gigantesca procissão pelas águas do rio Amazonas. A jovem Sandra estava em um desses veículos fluviais e se mostrou bastante emocionada. “É muito importante saber se colocar nas mãos de Deus com a intercessão de Maria e agradecer tudo o que tem acontecido em nossas vidas”, afirmou ela que pela primeira participa do evento nas águas do Rio Amazonas.

Ao chegar no inicio da noite em Parintins a balsa com a imagem gigante, mas parecia um gigantesco andor com a padroeira com show pirotécnico e de iluminação moldado com a trilha sonora dos cantos em homenagem a virgem do Carmelo. A agência da capitania dos portos de Parintins realizou o trabalho de orientação e o comandante Marcelo Barrios se mostrou devoto da padroeira. “Sou devoto de Nossa Senhora e nasci na mesma data dia dela, dia 16 de julho. Estou muito honrado e orgulhoso”, assegurou.

O exercito brasileiro também esteve representado pelo Tenente Puentes e equipe dos reservistas. Na balsa com a imagem o padre Rui Canto e frei Leandro de Alencar comandaram os cantos e a reza do terço. “Viva Nossa Senhora do Carmo, Viva a virgem do Carmelo”, diziam.

“Muito emocionante um momento que está me arrancando lágrimas. Tudo muito bonito. É a primeira vez que estou na Amazônia e o nosso povo tem sede de Deus”, concluiu o Frei Leandro da ordem dos carmelitas.

Para o artista Juarez Lima são nos pequenos gestos que Maria consegue tocar na vida de dezenas de pessoas. “É através desse trabalho que Deus nos dá a oportunidade de levarmos a mensagem dele”, assegurou. O cantor David Assayag também prestou sua homenagem por meio da música e da toada a padroeira de Parintins.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here